Bolsa de Lisboa recupera e encerra semana ‘no verde’ e Galp valoriza mais de 4%

No ‘vermelho’ liderou a Greenvolt, a desvalorizar 4,00% para os 9,13 euros, no dia em que a empresa anunciou ter recebido um rating de BBB-, com Outlook Estável, por parte da EthiFinance. Em segundo lugar ficou a Semapa, que desceu 2,21% para os 14,18 euros. Em terceiro lugar ficou a NOS, que caiu 0,95% para os 3,68 euros.

A Bolsa de Lisboa (PSI) encerrou a semana a recuperar para o ‘verde’, com uma subida da de 0,75%, para os 6.004,58 pontos e com a Galp a liderar nos ganhos.

A Galp encerrou a ganhar 4,36% para os 11,12 euros, seguida do BCP, que subiu 3,50% para os 0,1478 euros, e dos CTT, que avançam 2,02% para os 3,27 euros.

A Jerónimo Martins também encerrou em território positivo, valorizando 1,19% para os 22,08 euros.

No ‘vermelho’ liderou a Greenvolt, a desvalorizar 4,00% para os 9,13 euros, no dia em que a empresa anunciou ter recebido um rating de BBB-, com Outlook Estável, por parte da EthiFinance. Em segundo lugar ficou a Semapa, que desceu 2,21% para os 14,18 euros. Em terceiro lugar ficou a NOS, que caiu 0,95% para os 3,68 euros.

A EDP também fecha a cair, desvalorizando 0,15% para os 4,76 euros.

As principais bolsas europeias também encerraram a sessão em terreno positivo. O FTSE 100 (Reino Unido) valorizou 1,86%, o DAX (Alemanha) cresceu 3,33%, o CAC 40 (França) avançou 2,21%, e o IBEX 35 (Espanha) subiu 1,62%.

O analista de mercados Ramiro Loureiro, do Millennium Investment Banking, dá conta que hoje é um dia “marcado pela divulgação dos dados dos preços no produtor no plano europeu, que revelaram ter atingido um novo máximo nos 37,9%, revelando que as pressões inflacionistas permanecem, sobretudo impulsionados pelos preços da energia”.

Quanto ao PSI, o analista destaca a recuperação, apesar do tombo de 4% de Greenvolt, depois de ter sido reavaliada por uma casa de investimento. Não obstante, o BCP foi um dos que mais impulsionou o PSI, tendo registado uma subida de mais de 3%, e os CTT também encerram em alta, depois de terem anunciado recompra de ações.

No mercado petrolífero, o brent está a avançar 2,27% para os 94,46 dólares. O crude está a valorizar 2,02% para os 88,36 dólares.

Quanto ao mercado cambial, o euro está a ter uma valorização face ao dólar, com uma subida de 0,80%, para os 1,0024 dólares.

Recomendadas

Wall Street fecha eufórica com vislumbre do abrandamento da subida das taxas da Fed

Nasdaq foi o índice estrela de Wall Street. A justificar a subida das ações está a descida do ISM dos EUA para mínimos de mais de dois anos, que reforçou a narrativa de que a Fed está a ter sucesso no arrefecimento da economia, pelo que poderá abrandar o aperto da política monetária.

Musk avança para a compra do Twitter e ações disparam 22%

O CEO da Tesla, Elon Musk, voltou atrás na negociação e concordou em comprar o Twitter pelo preço original acordado de 44 mil milhões de dólares. As negociações da tecnológica na bolsa norte-americana foram interrompidas aquando do anúncio e retomaram a valorizar 22%.

‘Green bonds’. EDP avança com nova emissão de 500 milhões

Em menos de 24 horas, a EDP anuncia que vai aos mercados buscar mil milhões para financiar projetos de energias renováveis.
Comentários