Bolsa de Lisboa segue em terreno negativo com Semapa a desvalorizar 3,50%

No mercado cambial, o euro está a ter uma valorização de 0,08% face ao dólar, para os 1,0530 euros.

A Bolsa de Lisboa encontra-se a meio da sessão desta sexta-feira em terreno negativo, desvalorizando 0,02% para 5.926,03 pontos.

A Semapa lidera nas perdas, a desvalorizar 3,50%, com as suas ações a valerem 14,34 euros, seguida da Altri, que perde 1,42% para os 5,54 euros, enquanto o BCP desvaloriza 0,67% para os 0,1480 euros.

A Jerónimo Martins também está a perder 0,46%, com as suas ações nos 21,50 euros, e a EDP desvaloriza 0,11%, com as suas ações nos 4,64 euros.

A Galp lidera nos ganhos, a valorizar 2,63%, com as suas ações a valerem 12,08 euros, seguida da Greenvolt, que ganha 1,35% para os 8,26 euros, enquanto os CTT valorizam 0,93% para os 3,27 euros.

As principais bolsas europeias estão em terreno misto, com o FTSE 100 (Reino Unido) a perder 0,20%, o CAC 40 (França) a desvalorizar 0,19%, enquanto o DAX (Alemanha) ganha 0,26% e o IBEX 35 (Espanha) cresce 0,01%.

O analista de mercados do Millenium BCP, Ramiro Loureiro, destaca que as bolsas europeias seguem na sua maioria em leve baixa, pese embora a revelação de que os preços no produtor na Zona Euro registaram a maior contração sequencial de sempre e a primeira contração desde maio de 2020, o que traz esperança de que o impacto se venha a repercutir na inflação e que traga um alívio das pressões inflacionistas, levando, por conseguinte, a uma travagem no movimento de subida de taxas do BCE.

“A Balança Comercial na Alemanha também trouxe dados positivos, pois terá crescido mais que o esperado em outubro. O índice de ações germânico consegue passar a ‘linha de água’ e registar ganhos”, aponta.

Ramiro Loureiro realça, no seio empresarial, a Porsche, que vai entrar no Stoxx600, e a Siemens Gamesa, que irá sair temporariamente do IBEX.

“Em resposta a reavaliações por casas de investimento, de destacar as reações positivas de Just Eat e Galp, enquanto a EDP Renováveis recua, prejudicando o índice nacional, que segue principalmente penalizado pelo tombo da Semapa, que chegou a recuar quase 11% e com elevado volume de negociação, ainda que até ao momento não sejam conhecidas notícias relevantes para a queda”, sublinha ainda.

O preço do barril de petróleo está a valorizar, com o brent a ganhar 0,01% para os 86,89 dólares e o crude a subir 0,04% para os 81,25 dólares.

No mercado cambial, o euro está a ter uma valorização de 0,08% face ao dólar, para os 1,0530 euros.

Recomendadas

Bolsa de Lisboa fecha sessão no ‘verde’ com BCP a liderar ganhos

As principais bolsas europeias terminaram divididas, com o DAX (Alemanha) e o CAC 40 (França) a registarem valorizações de 0,01%, enquanto o FTSE 100 (Reino Unido) perdeu 0,16% e o IBEX 35 (Espanha) depreciou 0,15%.

Wall Street arranca sessão com todos os índices no ‘verde’

A bolsa de Nova Iorque iniciou a sessão com sinais positivos nos três principais índices, apesar da queda das ações da McDonald’s.

Gestora de fundos dos EUA alerta para iminência de uma catástrofe nos mercados

A crescente dívida mundial, que não para de crescer, pode acabar num desastre financeiro de proporções mais devastadoras que o crash de 1929. A dívida “é a maior bomba-relógio de sempre da história financeira”.
Comentários