Bolsa de Lisboa segue sessão no ‘vermelho’ com todas as cotadas a desvalorizar

As principais bolsas europeias também estão todas no ‘vermelho’, com o DAX (Alemanha) a perder 1,35%, o FTSE 100 (Reino Unido) a desvalorizar 1,40%, o CAC 40 (França) a cair 1,40% e o IBEX 35 (Espanha) a perder 0,96%.

A Bolsa de Lisboa (PSI) encontra-se a meio da sessão desta quinta-feira no ‘vermelho’, a desvalorizar 0,97%, para 5.937,06 pontos, com todas as cotadas a desvalorizar.

A Altri lidera nas perdas, a desvalorizar 3,11%, com as suas ações a valerem 5,46 euros, seguida da Greenvolt, que perde 2,18% para os 9,43 euros, enquanto a The Navigator cai 2,07% para os 3,88 euros.

O BCP também segue a sessão a perder 1,45%, com as suas ações a valerem 0,1431 euros, a Galp está a desvalorizar 0,83% para os 10,71 euros, a EDP cai 0,71% para os 4,73 euros, enquanto a Jerónimo Martins perde 0,18%, com as suas ações a valerem 22,06 euros.

As principais bolsas europeias também estão todas no ‘vermelho’, com o DAX (Alemanha) a perder 1,35%, o FTSE 100 (Reino Unido) a desvalorizar 1,40%, o CAC 40 (França) a cair 1,40% e o IBEX 35 (Espanha) a perder 0,96%.

O analista de mercados do Millenium BCP, Ramiro Loureiro, destaca que as bolsas europeias negoceiam em queda, pintando de vermelho todas as sessões desta semana.

“A confirmação de que a atividade industrial na Zona Euro agravou o ritmo de queda em agosto e de que o sector na China regressou à contração alimenta receios de recessão económica. O sentimento negativo que se viveu nas bolsas asiáticas perante novos lockdowns anunciados em Sichuan, uma das principais cidades na China, o que eleva as preocupações sobre as cadeias de fornecimento globais, também condiciona”, aponta o analista.

“As perdas são de resto transversais a todos os sectores do Stoxx 600, com o de Recursos Naturais a ser o mais castigado, penalizado pela queda dos preços das matérias-primas. No sector de luxo, de notar o corte da uma casa de investimento para as ações de Hermes, Louis Vuitton e Richemont”, sublinha ainda.

O preço do barril de petróleo está a desvalorizar, com o brent a perder 2,31% para os 93,43 dólares e o crude a descer 2,22% para os 87,56 dólares.

No mercado cambial, o euro está a ter uma desvalorização de 0,43% face ao dólar, para os 1,0014 dólares.

Recomendadas

Pimco dá primeiro passo para regresso dos investidores ao mercado de obrigações

A Pacific Investment Management Co (Pimco) considera que chegou a altura de começar a comprar obrigações, pois as “yields” estão em níveis que a gestora de ativos especializada no mercado de dívida classifica de atraentes, segundo a Bloomberg.

Wall Street fecha sessão no vermelho depois de dois dias consecutivos de ganhos

No fecho das operações na Bolsa de Nova Iorque, o Dow Jones perdia 42,45 pontos, para os 30.273,87, e o S&P 500 desceu 0,2%, ou 7,65 pontos, para 3.783,28.

Bolsa de Lisboa fecha sessão a perder 1,49% com apenas o título da Galp no verde

A puxar o PSI para baixo estiveram os títulos da peso-pesado do retalho Jerónimo Martins, dona da cadeia de supermercados Pingo Doce, que deslizaram 3,52%.
Comentários