Bolsa em queda. Banif recupera de tombo

Os títulos do Banif destacam-se pela positiva numa amanhã em que a bolsa arrancou a cair 0,30%, com o PSI 20 a recuar para os 5.156,53 pontos. A puxar o índice para o vermelho está o sector da pasta e do papel, com as três empresas cotadas – Altri, Semapa e Portucel – a negociarem […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Os títulos do Banif destacam-se pela positiva numa amanhã em que a bolsa arrancou a cair 0,30%, com o PSI 20 a recuar para os 5.156,53 pontos.

A puxar o índice para o vermelho está o sector da pasta e do papel, com as três empresas cotadas – Altri, Semapa e Portucel – a negociarem em queda. A mais desvalorização desta manhã na bolsa recai mesmo numa destas empresas: a Altri perde 5,91% negociando-se a 4,554 euros.

Já o Banif, que ontem registou uma queda recorde de cerca de 30% segue a negociar em alta, com as ações a dispararem 22,22% para 0,0011 euros. O banco impactará o início do processo de venda da posição detida pelo Estado, segundo avança o Jornal de Negócios.

Pela positiva também, destaque ainda para os títulos da Nos, que sobem 0,24% para 7,15 euros. A operadora apresentou ontem o acordo recentemente assinado com o Benfica e, segundo o CEO, é seu objetivo estabelecer parcerias idênticas com todos os clubes de futebol da primeira liga.

OJE

 

Recomendadas

Wall Street encerra no ‘vermelho’ contrariando ‘verde’ da Europa

O petróleo está a ser negociado em alta. O brent valoriza 0,74% para os 76,71 dólares e o crude sobe 0,10% para os 71,53 dólares.

PremiumPreço do petróleo caiu 45% desde máximo depois de invasão da Ucrânia

Apesar do embargo e do teto à Rússia, os preços do petróleo bateram mínimos anuais em três dias consecutivos esta semana.

Embargo europeu ao petróleo russo: o que esperar? Veja os gráficos da semana no “Mercados em Ação”

Veja os destaques na rubrica “Gráficos da Semana”, da responsabilidade de Marco Silva, consultor de estratégia e investimento, no programa que contou com a análise de Mário Martins, administrador da ActivTrades Brasil.