Bolsa mergulha no ‘vermelho’ em linha com principais bolsas europeias

A única cotada a contrariar o ‘vermelho’ é a Jerónimo Martins. O petróleo está a ser negociado em alta com o brent a subir 0,73% para os 99,73 dólares e o crude valoriza 0,74% para os 93,75 dólares.

A bolsa de Lisboa abre em queda, com uma descida de 0,75%, para os 6,156.74 pontos.

As perdas são lideradas pela Altri, que desce 1,69%, para os 5,51 euros, seguida pela Navigator, que quebra 1,53% para os 3,99 euros, e a Semapa que desvaloriza 1,41% para os 14,02 euros.

A contrair as perdas está a Jerónimo Martins que valoriza 0,35% para os 22,86 euros.

As principais bolsas europeias estão no ‘vermelho’, com o DAX (Alemanha) a descer 1,07%, o FTSE 100 (Reino Unido) a desvalorizar 0,70%, o CAC 40 (França) a quebrar 1,06% e o IBEX 35 (Espanha) desce 1,17%.

O petróleo está a ser negociado em alta com o brent a subir 0,73% para os 99,73 dólares e o crude valoriza 0,74% para os 93,75 dólares.

O euro desvaloriza face ao dólar, com uma descida de 0,23% para os 0,99416 euros.

Recomendadas

Reino Unido. Mercados valorizam depois de Governo recuar no corte fiscal

O índice FTSE 100 segue a valorizar mais de 1,5%.

Bolsa brasileira regista melhor dia desde 2020. Investidores miram privatizações de Bolsonaro

Várias empresas públicas registaram disparos na bolsa brasileira com investidores interessados nos processos de privatização se Jair Bolsonaro ficar no poder.

Bolsa de Lisboa sobe mais de 1% em manhã positiva na Europa. BCP negoceia acima dos 3%

No mercado energético, a Greenvolt ganha 1,18% para 8,54 euros, a EDP Renováveis sobe 0,69% para 21,90 euros, a EDP avança 0,11% para 4,56 euros e a Galp sobe 0,90% para 10,12 euros, depois de ontem a empresa ter anunciado que o CEO Andy Brown vai terminar o seu mandato em 31 de dezembro.
Comentários