Bolsas abrem mistas. Petróleo em queda

O PSI 20, principal índice da bolsa portuguesa, abriu a sessão de hoje em alta ligeira, acompanhando algumas bolsas europeias, que no seu conjunto abriram mistas.

O PSI 20, principal índice da bolsa portuguesa, abriu a sessão de hoje em alta ligeira, acompanhando algumas bolsas europeias, que no seu conjunto abriram mistas.

A atenção dos investidores está centrada na tensão entre a Turquia e a Rússia, que, ontem, viu um su24, que bombardeava posições anti-sírias junto à fronteira turca abatido por Ancara, por alegadamente ter entrado no espaço aéreo turco. Em consequência, a manhã é ainda marcada por mais um recuo dos preços do petróleo nos mercados internacionais e uma subida do euro face ao dólar.

A bolsa de Lisboa, que ontem encerrou a cair 0,59%, abriu a ganhar 0,15% para 5.274,68 pontos.
No grupo das empresas que contribuem positivamente para a subida de hoje, destaque para a EDP Renováveis, que sobe 0,71%, BCP, que ganha 0,6% e Banif que aprecia 4% (para 0,25 cêntimos).

OJE

Recomendadas

Reserva Federal volta a ‘dar a mão’ a Wall Street

Tal como sucedeu na semana passada, a Fed teve de insistir na diminuição do ritmo da subida das taxas de juro para alavancar um dia que acabou por ser positivo. O mercado está a precisar da atenção do banco central.

Reserva Fedrela diz que aumento das taxas de juro pode desacelerar em dezembro

O presidente da Reserva-Feral norte-americana, Jerome Powell, considerou esta quarta-feira, ser provável que o aumento das taxas de juro possa desacelerar já em dezembro. Mas os valores vão permanecer altos.

Energia dá impulso à Bolsa de Lisboa. Europa fecha no verde em dia marcado pela inflação

O mercado esperava que a inflação do IPC na zona do euro desacelerasse de 10,6% em Outubro para 10,4% em Novembro (variação anual). A leitura real mostrou uma desaceleração para 10,0% num ano. Os juros soberanos sobem. As ações também.