Bolsas europeias em alta à espera da operação de empréstimos do BCE

As principais bolsas europeias estão hoje em alta, com os investidores à espera da segunda operação de empréstimos que o Banco Central Europeu (BCE) e atentos à evolução dos preços do petróleo. Cerca das 09h30 de hoje em Lisboa, o EuroStoxx 50, índice que representa as principais empresas da zona euro, estava em alta, a […]

As principais bolsas europeias estão hoje em alta, com os investidores à espera da segunda operação de empréstimos que o Banco Central Europeu (BCE) e atentos à evolução dos preços do petróleo.

Cerca das 09h30 de hoje em Lisboa, o EuroStoxx 50, índice que representa as principais empresas da zona euro, estava em alta, a subir 0,12% para 3.154,75 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt estavam em alta, a subir 0,02%, 0,09% e 0,25%, respetivamente, bem como as de Madrid e Milão, que estavam a avançar 0,29% e 0,08%.

Depois de abrir em baixa, a Bolsa de Lisboa invertia a tendência e, cerca das 09:30, o principal índice, o PSI20, estava a subir 0,19% para 4.985,99 pontos, abaixo dos 5.000 pontos pela segunda vez desde meados de outubro.

Em Nova Iorque, Wall Street terminou em baixa na quarta-feira, com o Dow Jones a cair 1,51% para 17.533,15 pontos, depois de ter subido a 05 de dezembro até aos 17.958,79 pontos, um novo máximo de sempre desde que foi criado, há 128 anos.

OJE/Lusa

Recomendadas

Wall Street arranca ‘mista’ numa Europa mergulhada no ‘vermelho’

A a Amazon está em destaque, após anunciar um aumento do salário médio dos trabalhadores de armazém, bem como os trabalhadores de entregas. O anúncio antecede em duas semanas o segundo evento de ofertas Prime Day da Amazon, marcado para 11 e 12 de outubro, evento que provocou uma crescente pressão sindical sobre a empresa.

PSI segue sessão em terreno negativo. Jerónimo Martins perde mais de 4%

As principais bolsas europeias também encontram-se todas no ‘vermelho’, com o IBEX 35 (Espanha) a desvalorizar 1,38%, o CAC 40 (França) a perder 1,14%, o DAX (Alemanha) a cair 1,12% e o FTSE 100 (Reino Unido) a recuar 0,79%.

Maior IPO da década. Ações da Porsche vendidas no topo do intervalo (com áudio)

A Volkswagen vendeu 911 milhões de ações (12,5% do capital) da Porsche no topo do intervalo pré-definido (82,5 euros), tirando partido da forte procura dos investidores. A Volkswagen encaixou ao todo 9.400 milhões de euros, com a dispersão em bolsa, o que lhe dá o estatuto de maior negócio de ações europeu.