Bolsas europeias em queda. Mota Engil lidera perdas na Bolsa de Lisboa

O PSI-20 encerrou a sessão a desvalorizar 1,44%, para 4.675,79 pontos. Entre as empresas cotadas em Lisboa, apenas a Sonae Capital conseguiu registar ligeiros ganhos (+0,11%).

Reuters

A decisão da Reserva Federal norte-americana (Fed) em subir as taxas de juro para 2,5% chegou à Europa. Todos os principais índices europeus caíram esta quinta-feira, e o PSI-20 não foi exeção, com a Mota Engil a liderar as perdas.

O PSI-20 encerrou a sessão a desvalorizar 1,44%, para 4.675,79 pontos. Entre as empresas cotadas em Lisboa, apenas a Sonae Capital conseguiu registar ligeiros ganhos (+0,11%). Destaque para o tombo da Mota Engil (-5,5%), cujas ações valem agora 1.5460 euros. A tendência negativa verificou-se ainda nos CTT (-3,50%), com a empresa a terminar o ano com poupanças de cerca de 14 M.€, o equivalente a um terço do valor proposto até 2020, ano em que o impacto do plano no EBITDA atingirá 45 M.€. Contudo, a otimização da rede de lojas está aquém das expectativas.

De resto, a NOS (-3,36%), na Altri (-2,68%) e na Galp (-2,68%), que foi penalizada pela queda do petróleo, também tiveram desempenho negativo.

Na Europa, o Euro Stoxx 50 recuou 1,66%, para 3.000,80 pontos, espelhando o desempenho negativo das principais paraças europeias. Todos os setores de atividade negociaram em baixa, tendo o bancário registado uma perda superior a 2%, segundo os analistas do BPI. O DAX alemão perdeu 1,31%, o francês CAC 40 cedeu 1,68%, o espanhol IBEX 35 perdeu 1,80%, e o italiano FTSE MIB que, mesmo depois de o governo de coligação de direita ter chegado a acordo com a União Europeia sobre o Orçamento do Estado para 2019, caiu 1,76%. Em Londres, o FTSE 100 desvalorizou 0,62%.

Nas matérias-primas, o petróleo está a desvalorizar. O Brent, referência mundial e para o mercado europeu, perde 3,58% para, 55,19 dólares, enquanto o West Texas Intermediate desvaloriza quase 4%, para 46,28 dólares.

(atualizada)

Recomendadas

Cotação do barril Brent para entrega em novembro baixa para 87,96 dólares

A cotação do barril de petróleo Brent para entrega em novembro terminou esta sexta-feira no mercado de futuros de Londres em baixa de 0,73%, para os 87,96 dólares.

Wall Street encerra sessão com principais índices a perder mais de 1,50%

No momento de fecho o Dow Jones recua 1,71%para 28.725,84 pontos, o S&P 500 cede 1,51% para 3.585,40 pontos e o tecnológico Nasdaq desvaloriza 1,51% para 10.575,62 pontos. 

PremiumAções com pior mês desde junho e pode não ficar por aqui

Libra em forte desvalorização e juros da dívida do Reino Unido disparam após polémico “mini-orçamento” de Liz Truss.
Comentários