PremiumBorras de café, a nova coqueluche

Há quintas urbanas a utilizar, para cultivar cogumelos, borras de café, a mesma substância que investigadoras da Universidade de Aveiro descobriram ser útil na construção civil. Conheça também os Re:Ground, ténis feitos com café reciclado.

Dos cafés e restaurantes onde é consumido café Delta, chegam as borras de café que servem de “terreno” para produzir cogumelos que são depois vendidos à restauração.

É a este círculo de sustentabilidade que empresa do grupo Nabeiro e a startup Nãm Urban Farms querem dar força e com isso aumentar de uma para quatro toneladas a produção de cogumelos, o significa a transformação de o equivalente a três para 12 toneladas de café para um novo fim.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Exposição no Museu da Marinha celebra a amizade entre Alberto I do Mónaco e Dom Carlos I

No âmbito das comemorações do centenário do desaparecimento do Príncipe Alberto I do Mónaco, o Museu de Marinha de Lisboa irá acolher uma exposição organizada pelo Comité Albert Ier – 2022. Estará patente ao público a partir de dia 15. A inauguração, na véspera, conta com a presença do atual Príncipe do Mónaco, Alberto II.

Agressão ginecológica: um episódio, apenas

Não será tempo de expormos mais abertamente a violência ginecológica a que nós mulheres somos expostas? Sim. E nada desculpa este cenário, nem a luta entre médicos ginecologistas e Governo. A cada agressão deve corresponder uma queixa formal. Só assim podemos dizer com propriedade: “Sou dona do meu corpo. Exijo respeito, seja em que circunstâncias for”.

“Trair e Coçar é só começar” vai ter dois ensaios solidários

O público português tem a oportunidade de assistir aos últimos ensaios antes da grande estreia e apoiar, assim, duas associações de solidariedade.
Comentários