BPI brilha em Lisboa. CaixaBank perde 1%

Os títulos do BPI continuam a reagir positivamente ao novo preço da OPA do CaixaBank. Já o banco catalão está a ser penalizado pelos maiores encargos a suportar.

Jose Manuel Ribeiro/Reuters

Lisboa segue a ganhar 1,08% para os 4.598,85 pontos, em linha com os principais índices da Europa. O BPI é a estrela da sessão ao avançar 3,57% para os 1,13 euros, um preço ligeiramente abaixo ao da Oferta Pública de Aquisição do CaixaBank, de 1,134 euros.

O volume de negociação do BPI nesta primeira sessão após a desblindagem é de 3,38 milhões de títulos trocados, quando a média dos últimos três meses é de 2,9 milhões.

Já o CaixaBank perde 1% para os 2,39 euros, registando uma das piores performances do índice que reúne os principais títulos do setor bancário europeu. Segundo os analistas, os maiores encargos a suportar pelo CaixaBank estão a penalizar a negociação dos títulos do banco catalão.

Na praça lisboeta destaque ainda para as subidas da Galp e Jerónimo Martins (em torno dos 2%) e REN (1,03%).

Lá fora, o espanhol Ibex, o francês CAC e o alemão Dax ganham mais de de 1%.

Recomendadas

SIBS: mais de um quinto do valor gasto na Black Friday foi em compras online

O comércio online continua a ganhar peso nas compras em Portugal. Dados da SIBS revelam que 22% do valor gasto na última Black Friday foi em compras online, um peso que bate por muito os 18% do ano passado.

União Europeia, G7 e Austrália limitam barril de petróleo russo a 60 dólares

Os 27 estados-membros da UE chegaram a acordo, esta sexta-feira, no estabelecimento de um teto máximo para o preço do petróleo russo nos 60 dólares por barril. Os sete países mais industrializados do mundo (G7) e a Austrália juntam-se na decisão.

Dá a conhecer o vinho português a empresários estrangeiros

Jack Soifer, consultor internacional com expertise  nas áreas da gastronomia e vinhos, organiza anualmente quatro provas e visitas a adegas para empresários e líderes profissionais estrangeiros. A próxima será em de março de 2023.
Comentários