BPI distribui presentes de Natal a crianças no país

A edição de 2022 deverá mobilizar milhares de pessoas – entre trabalhadores sociais, voluntários, colaboradores e clientes do banco – para realizar os desejos de crianças apoiadas por instituições sociais que lutam contra a pobreza infantil em todo o país.

O BPI lançou uma nova edição da iniciativa digital solidária “Ajude uma criança a sorrir”, que pretende oferecer presentes de Natal a crianças em situação de vulnerabilidade.

A edição de 2022 deverá mobilizar milhares de pessoas – entre trabalhadores sociais, voluntários, colaboradores e clientes do banco – para realizar os desejos de crianças apoiadas por instituições sociais que lutam contra a pobreza infantil em todo o país.

Juntamente com as cerca de 250 instituições de solidariedade social de todos os distritos de Portugal e das regiões autónomas, toda a rede comercial do BPI vai coordenar a distribuição dos presentes de Natal a crianças em situação vulnerável. A cada instituição, o banco vai igualmente apoiar com um donativo de 200 euros.

“Os colaboradores e clientes BPI vão poder ajudar através dos canais digitais e mobile – BPI Net e BPI App. Além disso, as árvores de Natal dos espaços comerciais do banco vão estar decoradas com cartões que representam um presente para uma criança carenciada apoiada por uma instituição social, selecionada em cada região. Para ajudar, basta pedir um cartão no Espaço Comercial BPI, comprar o presente aí inscrito e entregá-lo, devidamente embrulhado, no mesmo local”, lê-se no comunicado.

“Em dez anos, esta iniciativa já permitiu cumprir os sonhos de mais de 147 mil crianças”, diz o BPI, que reconhece que “a pobreza infantil é um problema social enraizado e de complexa solução”.

“O BPI, no âmbito da sua política de Responsabilidade Social, desenvolve programas conjuntos com a Fundação la Caixa – como o Prémio Infância e o Programa Pro-infância – que procuram romper o círculo de pobreza que se transmite de pais para filhos, assim como promover novas formas de apoio focadas no desenvolvimento social e educativo”, avança a nota.

“Graças à sua implantação territorial, a rede comercial do BPI tem a capacidade de detetar as necessidades das instituições de solidariedade locais, canalizando apoios da Fundação la Caixa”, refere a instituição que dá como exemplo desse apoio local, “a Iniciativa Social Descentralizada que conta com uma dotação anual de 1,4 milhões de euros para apoiar projetos sociais de âmbito local em todo o país”.

Além dos apoios económicos, “o banco incentiva o voluntariado dos seus colaboradores, tendo criado o Programa BPI Voluntariado que oferece oportunidades de voluntariado e que este ano já apoiou mais de dez mil pessoas”.

Recomendadas

BPI alarga comissão executiva para seis membros

O Conselho de Administração do Banco BPI informou que a sua Comissão Executiva será alargada de cinco para seis membros, no mandato 2023-25.

Novobanco tem novo CFO mas ainda falta luz verde do regulador

Benjamin Dickgiesser é um novo membro do Conselho de Administração Executivo, com a função de administrador financeiro, para o atual mandado com termo em 2025.

Refinanciamento da Finerge de 2,3 mil milhões eleito “Deal of the Year 2022” de energias renováveis na Europa

O refinanciamento da portuguesa Finerge, no montante de 2,3 mil milhões de euros, que teve o Banco Santander como assessor financeiro, foi eleito “Deal of the Year 2022” de energias renováveis na Europa, no âmbito dos PFI Awards, da revista Project Finance International.
Comentários