BPI e BCP penalizam PSI20 que cai 0,09%

O principal índice da bolsa de Lisboa, PSI 20, encerrou a sessão de hoje a perder 0,09% para 4.736,60 pontos, penalizado pelo setor da banca, com o BPI a recuar 13,05% e o BCP a perder 5,40%. Das 18 cotadas que atualmente integram o PSI20, 11 ficaram em terreno negativo, seis em terreno positivo e […]

O principal índice da bolsa de Lisboa, PSI 20, encerrou a sessão de hoje a perder 0,09% para 4.736,60 pontos, penalizado pelo setor da banca, com o BPI a recuar 13,05% e o BCP a perder 5,40%.

Das 18 cotadas que atualmente integram o PSI20, 11 ficaram em terreno negativo, seis em terreno positivo e uma (Portucel) manteve-se sem alterações face à cotação da véspera (2,90 euros).

As ações do BPI lideraram as perdas e recuaram 13,05% para 1,086 euros, depois de ter sido divulgado um aumento da exposição indireta ao Estado angolano e ao Banco Nacional de Angola e de o banco liderado por Fernando Ulrich ter assumido oficialmente o seu interesse no Novo Banco.

O BCP, também com idêntica exposição a Angola, caiu 5,40% para 0,0701 euros.

Na lista dos títulos mais penalizados hoje seguem-se a Teixeira Duarte com -3,41% (0,68 euros), o Banif com -3,12% (0,0062 euros), a Sonae -2,18% (0,988 euros), os CTT com -1,48% (7,67 euros) e a NOS a perder 1,36% (4,95 euros).

Com perdas inferiores a 1% ficaram a Mota Engil (2,43 euros), a REN (2,39 euros), a Semapa (9,64 euros) e a Portugal Telecom (1,005 euros).

As maiores subidas foram registadas pela Galp com uma subida de 4,12% (8,652 euros), pela Jerónimo Martins que ganhou 3,18% (7,79 euros) e pela Altri que avançou 1,13% (2,319 euros).

Surgem depois com ganhos inferiores a 1%, a Impresa (0,869 euros), a EDP Renováveis (5,295 euros) e a EDP (3,163 euros).

Na Europa, Paris e Londres encerraram a sessão a ganhar, enquanto Madrid e Frankfurt registaram baixas ligeiras.

OJE/Lusa

Recomendadas

Wall Street com mais um dia para esquecer

A perspectiva de manutenção das taxas de juro em alta pelos próximos (muitos) meses não dá tréguas aos investidores do mercado de capitais, que continuam a assistir ao afundamentos dos principais índices da praça norte-americana.

Bitcoin alcança valor mais alto em uma semana e ultrapassa os 20 mil dólares

A criptomoeda subiu 5% esta terça-feira, acompanhada pela Ethereum, que subiu 4%, num dia de subidas generalizadas entre as criptomoedas.

Bolsa de Lisboa fecha em terreno positivo com Europa no ‘vermelho’

As cotadas da família EDP foram as únicas a terminar o dia em terreno negativo, com a EDP a perder 1,28%, nos 4,55 euros, e a EDP Renováveis a cair 0,92% para os 21,43 euros.