BPI e Fundação La Caixa dão um milhão para projetos de inclusão de pessoas com deficiência ou doença mental

Este ano, os quatro Prémios BPI Fundação ”la Caixa” – Capacitar, Solidário, Seniores e Infância – têm uma dotação global de 4,6 milhões de euros.

Cristina Bernardo

O BPI e a Fundação ”la Caixa” lançaram a 14ª edição do Prémio Capacitar destinada a apoiar projetos que promovam a autonomia, a empregabilidade e a melhoria da qualidade de vida das pessoas com deficiência, doença mental ou outras doenças.

O Prémio Capacitar, com uma dotação de um milhão de euros, pretende ajudar quem dá respostas sociais no domínio da formação e apoio ao processo de inserção na vida laboral; promoção do auto-emprego; ajuda a terapias especializadas para tratar ou retardar avanços da incapacidade e promoção de serviços ao domicílio; ações de apoio aos cuidadores; apoio psicossocial às pessoas com deficiência e transtorno mental no seu contexto familiar e relacional; e atividades de promoção da autonomia, diz o BPI em comunicado.

As instituições privadas sem fins lucrativos podem apresentar as suas candidaturas até 22 de fevereiro de 2023.

Em 2022, o Prémio Capacitar distribuiu um valor semelhante por 24 projetos sociais, “com o que se espera ter melhorado a vida de mais de 2.000 pessoas”, diz o banco em comunicado.

Este ano, os quatro Prémios BPI Fundação ”la Caixa” – Capacitar, Solidário, Seniores e Infância – têm uma dotação global de 4,6 milhões de euros.

“Lançado em 2010, o Prémio Capacitar tem estado todos os anos ao lado das entidades sociais que conhecem e acompanham estas pessoas, com desafios de inclusão adicionais. No total e desde então foram premiadas mais de 200 entidades para apoiar diretamente cerca de 47.000 pessoas”, refere a instituição.

Relacionadas

BPI atualiza salários em 4% quando ainda decorrem negociações com sindicatos

O BPI vai atualizar os salários em 4% a partir deste mês, quando ainda decorrem as negociações salariais com sindicatos, segundo a informação interna do banco a que a Lusa teve acesso.
Recomendadas

BCE desce requisito de capital da CGD e mantém no BCP e Novobanco

O banco central liderado por Christine Lagarde reduziu o requisito de capital (pilar 2) de 2% para 1,90% no banco estatal, em 2023. No BCP e no Novobanco, manteve-se nos 2,5% e nos 3%, respetivamente.

Lucros do Société Générale recuam com aumento das provisões para malparado

Os lucros do terceiro maior banco francês recuaram mais de 60% em 2022, em comparação com o ano anterior, num período em que reforçou as provisões para responder ao aumento do crédito malparado.

Juiz recusa novas condições de fiança para o fundador da FTX

O juiz Lewis Kaplan recusou a nova proposta dos advogados para as condições de fiança de Sam Bankman-Fried.
Comentários