BPI lança serviço de planeamento financeiro para clientes de segmento alto

Este serviço é exclusivo para Clientes Premier e Private – Clientes de elevado património ou com potencial de acumulação financeira.

Rafael Marchante/Reuters

O BPI lançou um novo serviço de planeamento financeiro para clientes de segmento alto, anuncia o banco do CaixaBank. ”

“O BPI lançou um serviço para apoiar os clientes dos segmentos Premier e Private no planeamento e identificação das suas necessidades financeiras, à distância e de forma personalizada, com base, nomeadamente, nas suas respostas a um questionário muito simples”, revela o banco em comunicado.

O novo serviço está disponível nos canais digitais, e serve para ajudar os clientes a identificar as suas principais necessidades financeiras, “Dia a dia [otimizar o dinheiro disponível na conta à ordem para cobrir as necessidades básicas ou despesas correntes], Tranquilidade [Definir um montante para fazer face a imprevistos, como uma eventual redução de rendimentos], Reforma [Definir um montante destinado a complementar a pensão de forma a atingir o nível desejado de qualidade de vida no momento da reforma] e Investimento [montante que fica disponível para rentabilizar o património financeiro, tendo em conta o horizonte temporal do investimento e o perfil de investidor do Cliente]”, lê-se no comunicado.

Este serviço é exclusivo para Clientes Premier e Private – Clientes de elevado património ou com potencial de acumulação financeira.

“Disponível na BPI App e no BPI Net, esta ferramenta, que se designa “My Planning” para os Clientes Premier, e “TimeMap” para os Clientes Private, ajuda a perceber uma das formas possíveis de distribuir o seu património pelas quatro necessidades dos clientes”, revela a instituição.

Este novo serviço vem juntar-se a outros que o BPI tem vindo a desenvolver.

BPI lidera na satisfação de clientes utilizadores de Homebanking

Nos nove primeiros meses de 2020, o BPI registou um crescimento de 5% anual no total de utilizadores regulares de banca digital, alcançando os 701 mil utilizadores regulares, e um aumento de 68 mil utilizadores ativos da BPI App. Cerca de 74% dos clientes digitais particulares são utilizadores regulares da BPI App (mobile).

De janeiro até setembro de 2020, as vendas nos canais digitais (net e mobile) de soluções de poupança, crédito pessoal e produtos não financeiros cresceram 40% até à data.

“O banco ocupa a 1ª posição no indicador de satisfação nos canais digitais junto dos particulares (ECSI Banca, 1ª vaga 2020) e a 2ª posição na penetração em internet e mobile banking em clientes particulares (BASEF, set.20). No segmento de empresas, o BPI ocupa a 1ª posição na quota de mercado de net e mobile banking, e a 2ª posição na satisfação deste segmento (DATAE 2020)”, diz a instituição.

 

Recomendadas

PremiumMontepio suspende projeto para retirar 700 milhões de malparado

Chama-se “Projeto Douro” e pretendia retirar do balanço do banco entre 600 a 700 milhões de imóveis e crédito malparado a grandes empresas. Mas o processo está parado e sem data de retoma.

Laginha de Sousa defende a tributação do carbono para alinhar os incentivos privados com os objetivos sociais

Numa intervenção nas ESG Talks, o ainda administrador do Banco de Portugal e futuro presidente da CMVM, Luís Laginha de Sousa, citou um estudo recente da consultora McKinsey, que constata que mais de 90% das empresas do S&P 500 publicam atualmente algum tipo de relatório sobre sustentabilidade ESG. 

Fundação Santander lança mil bolsas para curso de negócios digitais

A Fundação Santander lançou mil bolsas que dão acesso ao curso Digital Business Development do Técnico+ Formação Avançada, unidade de pós-graduação do Instituto Superior Técnico.
Comentários