Brexit. Mais de 2.400 britânicos registaram-se para residir em Portugal

Com o Brexit a aproximar-se, aumenta o número de britânicos a registarem-se para residirem em Portugal.

Portugal registou no mês de novembro 2.407 pedidos de inscrição de cidadãos britânicos para residirem no país, numa altura em que se aproxima o dia 31 de dezembro, prazo até ao qual Portugal, bem como outros 14 países da União Europeia (UE), dá a possibilidade aos cidadãos do Reino Unido o direito a cinco anos de residência, informa agência “Reuters” esta segunda-feira, 21 de novembro.

Estes dados ainda são provisórios, mas demonstram um crescimento face ao mês de março de 2019, altura em que o Reino Unido deveria ter deixado a União Europeia e onde o número de inscritos foi de 1.453. A “Reuters” falou com alguns cidadãos britânicos que vieram recentemente para Portugal.

“No verão passado, passei seis meses na Europa e gostei tanto que planeava fazer isso todos os anos, mas agora já não é possível. Assim que o Brexit aconteceu pesquisei no Google todas as maneiras de obter cidadania europeia”, afirma Beth Sands, uma nutricionista de 35 anos que se mudou para Portugal em setembro.

Quem também decidiu optar por residir em Portugal foram os cidadãos mais velhos que apresentaram o seu plano de reforma, enquanto outros aproveitaram a oportunidade de trabalhar a partir de casa para se mudarem. “Tudo funcionou como uma tempestade perfeita”, refere Samantha Harding, de 49 anos que se mudou para Cascais, em setembro, depois de saber que poderia ficar em teletrabalho.

Apesar de alguns britânicos serem residentes de longa duração e a ainda não se encontrarem registados no país, a Embaixada britânica em Portugal refere que muitos são recém-chegados.

“Tenho a sensação de que muitos deles vieram registar uma morada e buscar o certificado. Eles só querem uma passagem para a Europa”, refere à “Reuters”, Maria Ricardo, que analisa os pedidos de residência no concelho de Loulé, no Algarve.

Para obter a residência, os cidadãos devem ter uma morada registada e serem capazes de se manter financeiramente e ter acesso a cuidados de saúde. Para os britânicos que perderem o prazo de 31 de dezembro, a mudança para um país europeu significará cumprir as regras para os migrantes fora da União Europeia.

Relacionadas

Reino Unido diz que negociações sobre o Brexit podem arrastar-se além do Natal

O ministro de Estado britânico, Michael Gove, quer garantir que o parlamento tem uma palavra a dizer e hipótese de analisar qualquer acordo que seja alcançado com a União Europeia.

Governo português limita entrada de passageiros de voos provenientes do Reino Unido

Em comunicado do Ministério da Saúde, pode ler-se a partir desse período “apenas são autorizados a entrar em território nacional os passageiros de voos provenientes do Reino Unido que sejam cidadãos nacionais ou cidadãos legalmente residentes em Portugal”.
Recomendadas

Primeira-ministra dinamarquesa convoca eleições antecipadas para novembro

O Partido Social Liberal, uma das formações que dá maioria ao Governo social-democrata, tinha ameaçado Frederiksen com uma moção de censura se não convocasse eleições, após apresentar em junho um relatório crítico sobre a gestão feita pelo executivo em relação ao abate de milhões de visons, devido a uma mutação do coronavírus.

Prémio Nobel da Química para 3 cientistas responsáveis química ‘bioorthogonal’

O termo química ‘bioorthogonal’ refere-se a qualquer reação química que pode ocorrer dentro de sistemas vivos sem interferir nos processos bioquímicos nativos. O termo foi cunhado por Carolyn R. Bertozzi em 2003.

Japão pede à ONU que mostre firmeza após teste de míssil norte-coreano

“Nós acreditamos que a Coreia do Norte poderia realizar atos mais provocativos, como um teste nuclear”, afirmou o porta-voz do Governo japonês, Hirokazu Matsuno, numa conferência de imprensa.
Comentários