Brisa conclui reestruturação e refinanciamento da sua participada Brisal

A operação “consolida o controlo da Brisa sobre esta concessionária de infraestruturas públicas e vai reforçar a respetiva estabilidade financeira através do reforço do investimento, garantindo eficiência operacional e níveis de serviço”, diz a empresa.

A Brisa – Auto Estradas de Portugal anunciou esta segunda-feira a concretização da operação de reestruturação e refinanciamento da estrutura de capital da Brisal – Auto-Estradas do Litoral, concessionária da Concessão Litoral Centro (A17).

A operação, refere num comunicado, “consolida o controlo da Brisa sobre esta concessionária de infraestruturas públicas e vai reforçar a respetiva estabilidade financeira através do reforço do investimento, garantindo eficiência operacional e níveis de serviço”.

De acordo com a empresa, esta operação “assegura o futuro da Concessão Litoral Centro, a qual, com uma extensão de 92,7 km, é um eixo rodoviário de grande importância na ligação dos distritos de Leiria e de Coimbra, integrando parcialmente o segundo corredor de ligação em autoestrada entre as cidades de Lisboa e Porto”.

De acordo com o “Negócios”, a operação envolveu o refinanciamento da Brisal junto da Allianz e uma injeção de fundos próprios adicional. Isto permitiu reembolsar os credores da concessionária, nomeadamente os fundos Strategic Value Partners e Cross Ocean.

No relatório integrado de 2021, a Brisa já tinha revelado que tinha obtido “o compromisso de uma entidade interessada em participar na reestruturação e refinanciamento”.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quinta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quinta-feira.

Banco suíço UBS investe em unicórnio de inteligência artificial

O financiamento à norte-americana BigPanda ocorreu através da unidade de inovação e empreendedorismo UBS Next, que tem 200 milhões para startups tecnológicas e fintechs.

Passageiros nos aeroportos mais que quadruplicam no 2.º trimestre para 14,5 milhõe

O número de passageiros nos aeroportos nacionais mais do que quadruplicou no segundo trimestre deste ano, crescendo 329,3% em relação ao período homólogo, para 14,5 milhões, indicou a ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil.
Comentários