PremiumBruxelas prevê queda do salário real de 3,15% este ano

Com uma previsão de aumentos nominais nas remunerações iguais às do Governo, mas com inflação nos 8%, salário real dos portugueses cai em 3,15% este ano. No próximo, Bruxelas aponta a 1,42%.

Apesar do objetivo explícito de reforçar os rendimentos das famílias, a política orçamental do Governo para este ano e o próximo deverá resultar numa perda de salário real das famílias, com o crescimento nominal das remunerações abaixo da inflação.

As projeções de outono da Comissão Europeia apontam para 3,15% de perda de salário real este ano e 1,42% no próximo e a falta de direcionamento das medidas de mitigação dos efeitos da subida de preços fazem-nas perder eficácia, apontam especialistas.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Costa contraria ideia de empobrecimento e afirma que Portugal está a crescer mais do que Alemanha, França e Espanha

Dados de Costa surgem dias depois das previsões de Outono da Comissão Europeia, cujas mais recentes previsões indicam que em 2024 a Roménia ultrapassará Portugal no ranking de desenvolvimento económico da UE.

Macau renova licenças às seis atuais operadoras de casinos no território

MGM Grand Paradise, Galaxy Casino, Venetian Macau, Melco Resorts (Macau), Wynn Resorts (Macau) e SJM Resorts viram as propostas aprovadas.

PremiumOCDE deixa quatro recados a Portugal, do PRR ao orçamento

A OCDE está menos otimista do que estava no verão quanto à evolução da economia portuguesa no próximo ano, tendo revisto em baixa a previsão de crescimento do PIB. Aproveitou também para alertar para a importância do PRR e da consolidação orçamental.
Comentários