163 startups receberam 42 milhões em quatro anos

A comunidade portuguesa de Business Angels contribuiu para o investimento em 163 startups, com menos de três anos de atividade, no montante global de 42 milhões de euros. Aquelas empresas tiveram a oportunidade de criar mais de 200 postos de trabalho qualificado. Estes valores têm por base a primeira linha de financiamento criada no âmbito do Programa […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

A comunidade portuguesa de Business Angels contribuiu para o investimento em 163 startups, com menos de três anos de atividade, no montante global de 42 milhões de euros. Aquelas empresas tiveram a oportunidade de criar mais de 200 postos de trabalho qualificado.

Estes valores têm por base a primeira linha de financiamento criada no âmbito do Programa FINOVA, gerida pela PME Investimentos, nos últimos quatro anos, e foram citados pela Federação Nacional das Associações de Business Angels (FNABA) no âmbito da organização da 9ª edição da Semana Nacional de Business Angels, entre 16 e 21 de Novembro.

Os investimentos realizados pela comunidade portuguesa de Business Angels têm assumido uma particular importância na criação de novas empresas e na concretização de projetos inovadores em fases iniciais do seu ciclo de vida (seed capital e early stages), explica a Federação.

Em Portugal, a comunidade de Business Angels é o investidor por excelência do financiamento de novos negócios que ambicionam conquistar o mercado global. “Neste contexto a realização da 9ª Semana Nacional de Business Angels continua a assumir-se como o evento através do qual se poderá dar satisfação ao aumento da procura que se tem estado a verificar por parte dos empreendedores portugueses que começam a acreditar que Portugal tem o ambiente ideal para lançarem as suas empresas”, refere a informação divulgada à imprensa.

Miguel Henriques, presidente da FNABA, “o número de associações de Business Angels tem vindo a crescer e demonstrado elevado interesse na procura de novas ideias e projetos de negócio brilhantes, por forma a divulgá-los junto de empresários e entidades institucionais”.

OJE

Recomendadas

Binter e Embrar fecham compra de cinco novas aeronaves por mais de 369 milhões de euros

As duas primeiras unidades estão previstas para chegar às Ilhas Canárias em novembro de 2023.

Manuel Champalimaud compra à Novares a área de injeção de plásticos para a indústria automóvel

A aquisição visa reforçar posição do Grupo Champalimaud no sector dos componentes de plástico decorativo e de interface para a indústria automóvel.

PremiumAmazon diz que “continua a fazer investimentos” de cloud em Portugal

A empresa norte-americana de computação na nuvem Amazon Web Services (AWCS)está a desenvolver um centro de dados no país, mas não se compromete com uma data de abertura.