“Cabemos todos na democracia”, afirma Marcelo Rebelo de Sousa

Numa clara alusão ao discurso do Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, o candidato Marcelo Rebelo de Sousa disse, na Voz do Operário, no fim-de-semana, que “cabemos todos na democracia”. Quer ser visto como um candidato a Belém, como uma figura independente e como um conciliador. Falou de esperança e admitiu ser difícil atingir os […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Numa clara alusão ao discurso do Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, o candidato Marcelo Rebelo de Sousa disse, na Voz do Operário, no fim-de-semana, que “cabemos todos na democracia”.

Quer ser visto como um candidato a Belém, como uma figura independente e como um conciliador. Falou de esperança e admitiu ser difícil atingir os objetivos no calor de uma refrega eleitoral, adiantando que é tudo mais interessante quando existem umas eleições que “culminam em resultados com leituras muito variadas”.

O candidato a Belém tentou afastar a ideia de que as presidenciais “não são a segunda volta das legislativas”. Definiu-se como um candidato a presidente que tem de ser “um referencial do Estado e da voz popular”, adiantando que será um presidente que dará “segurança para os momentos de crise”.

OJE

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

Aprovada resolução para a nomeação de ex-adjunto de João Galamba para a ERSE

A decisão foi tomada pelo Conselho de Ministros. Foi também aprovado um plano que visa combater a exclusão social entre as crianças.

PS ‘chumba’ audições de Mariana Vieira da Silva e Pedro Nuno Santos

Os deputados do PS ‘chumbaram’ os requerimentos para audição, na Assembleia da República, da ministra da Presidência, sobre a eficácia das medidas de combate à pandemia, e do ministro das Infraestruturas, sobre a multa aplicada pelos EUA à TAP.