Cabo Verde. FIL leva Portugal à FIC

A 19ª edição da Feira Internacional de Cabo Verde (FIC) 2015, realiza-se na cidade do Mindelo, na Ilha de S. Vicente, de 18 a 22 de novembro. Portugal estará presente com um pavilhão organizado pela FIL, em parceria com a FIC, que irá reunir cerca de duas dezenas de empresas nacionais das fileiras da alimentação, educação e construção. […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

A 19ª edição da Feira Internacional de Cabo Verde (FIC) 2015, realiza-se na cidade do Mindelo, na Ilha de S. Vicente, de 18 a 22 de novembro.

Portugal estará presente com um pavilhão organizado pela FIL, em parceria com a FIC, que irá reunir cerca de duas dezenas de empresas nacionais das fileiras da alimentação, educação e construção.

As empresas portuguesas representam essencialmente os setores da alimentação, bebidas, agropecuária e produção avícola, equipamentos educacionais, ensino e informática, material eléctrico, protecção contra incêndios, energias renováveis e telecomunicações.

O arquipélago de Cabo Verde é considerado uma plataforma para exportações nacionais, para a Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), sendo por isso considerado um “indispensável parceiros comercial enquanto destino de produtos e serviços”, argumenta a FIL salientando a relevância da presença de uma representação portuguesa.

FIL marca presença neste certame desde a primeira edição da FIC.

Esta deslocação a Cabo Verde, inclui uma série de actividades e encontros que se iniciam ainda antes do início da FIC, para “maximizar o network entre empresas nacionais e cabo-verdianas, potenciando a criação de parcerias e oportunidades de negócio”, explica comunicado.

Nos dias 16 e 17 a iniciativa StopOver, integrada no programa de actividades desenvolvidas pelo Pavilhão de Portugal, promove um conjunto de reuniões B2B, na Cidade da Praia, nas instalações de potenciais parceiros cabo-verdianos, de acordo com o perfil de actividade de cada empresa.

O Dia de Portugal será celebrado no segundo dia da FIC (19 de novembro) e o programa de actividades com empresários dos dois países com o objectivo de estreitar relações de negócio inclui um workshop subordinado ao o tema “Cooperação CEDEAO & UE”. Este é um workshop que está inserido no ‘1º Fórum Nacional do Comércio – “O Comércio como motor de desenvolvimento”, organizado pela Direcção-Geral da Indústria e do Comércio de Cabo Verde.

OJE

 

Recomendadas

Banco de Fomento lança consulta pública para dois novos Programas de co-investimento em PME

Estando ainda disponível o montante de 475 milhões de euros para lançar novos Programas, “o BPF convida as empresas e todos os interessados a participar na consulta pública acerca de futuras soluções de capital e quase capital, com o objetivo de obter contributos sobre as condições de dois Instrumentos Financeiros pré-estruturados destinados a fomentar a constituição de empresas e/ou capitalização empresarial”, revela o banco liderado por Ana Carvalho.

Premium“Somos a ótica das pessoas e que traz o know how francês”, diz CEO do grupo MonOpticien

Em entrevista ao JE, o CEO do grupo MonOpticien, Florent Carriére, explica o modelo de subscrição que traz para Portugal. “O meu concorrente não é a Multióticas, é a a Netflix e o Spotify”, sublinha.

Bancos da zona euro devolvem antecipadamente 447,5 mil milhões ao BCE

Este montante vem juntar-se aos quase 300 mil milhões de euros que foram reembolsados antecipadamente em 23 de novembro.