Câmara do Funchal adjudica contrato de 3,5 milhões para fornecimento de combustível durante três anos

A vice-presidente do executivo camarário justificou a decisão pelo esforço da CMF no que diz respeito à limpeza e fiscalização, aumentando o número de quilómetros percorridos, numa altura em que os preços dos combustíveis têm vindo a subir.

A Câmara Municipal do Funchal (CMF) celebrou a adjudicação de um contrato no valor de 3,5 milhões de euros destinado ao fornecimento de combustível para três anos ao município do Funchal.

“Com todo o esforço que tem sido feito pela Câmara, quer em limpeza, quer em diversas vistorias e fiscalização, há um maior número de quilómetros feitos e maior valor [do preço dos combustíveis], visto o preço estar a ser, como sabemos, aumentado”, salientou a vice-presidente da CMF, Cristina Pedra, no final da reunião semanal do executivo, ocorrida esta manhã.

A autarca anunciou ainda que a CMF irá apoiar sete entidades culturais do concelho, no âmbito da segunda fase dos Apoios ao Associativismo e Atividades de Interesse Municipal, num montante total de 25.800 euros.

A vice-presidente da CMF salientou ainda que as sete entidades cujas candidaturas foram aprovadas “não receberam qualquer resposta do anterior executivo”, pelo que foi decido trazer hoje à reunião de Câmara estas propostas para serem concretizadas.

Deste modo, Cristina Pedra, destacou a importância deste tipo de apoio municipal à cultura, salientado a aposta que é feita pela autarquia em todas as áreas do município.

 

 

Recomendadas

PremiumLesados do Banif à espera do sim político numa altura em que o tempo começa a pesar

A ALBOA disse estar “otimista” em relação à criação do grupo de trabalho, sublinhando que os membros desta estrutura “estão de boa-fé”. Só na Madeira há cerca de 900 famílias lesadas.

PremiumComo criar música com uma tela de pintura

A artista italiana Francesca Bringandí vive da sinestesia entre música e pintura. De 23 a 30 de outubro terá o seu trabalho exibido na Galeria Salita e, no dia da estreia, irá ainda produzir duas novas pinturas criadas ao som da música.

Madeira: Iniciativa Liberal acusa Miguel Albuquerque de tomar decisões que favorecem o “mundo mediático” sobre a realidade

O partido considera que esta é uma estratégia que não leva ao desenvolvimento nem à criação de riqueza e que o presidente do executivo madeirense “vive acobertado pelo imediato absoluto”.
Comentários