Câmara do Funchal lança campanha gratuita de recolha de “monstros”

O Município justifica a importância desta campanha, dado o aumento da produção de resíduos na quadra natalícia que se avizinha e de forma a garantir uma maior proximidade com a população. Os munícipes deverão contactar as respetivas Juntas de Freguesias para a devida inscrição, de modo a solicitar a recolha dos “monstros” na sua residência.

A Câmara Municipal do Funchal está a realizar uma campanha gratuita de recolha de “monstros”, objetos volumosos que, pelas suas características, não podem ser recolhidos pelos meios habituais de recolhas de resíduos, sendo disso exemplo, móveis, colchões, máquinas de lavar roupa, frigoríficos, fogões, entre outros, em colaboração com as Juntas de Freguesia.

O Município justifica a importância desta campanha, dado o aumento da produção de resíduos na quadra natalícia que se avizinha e de forma a garantir uma maior proximidade com a população. Os munícipes deverão contactar as respetivas Juntas de Freguesias para a devida inscrição, de modo a solicitar a recolha dos “monstros” na sua residência.

Esta iniciativa, visa a promoção das boas práticas de cidadania e o respeito pelos equipamentos e espaços públicos.

Esta é já a terceira campanha que esta nova vereação da Câmara Municipal do Funchal está a realizar pelas freguesias do concelho. As recolhas de “monstros” acontecem sempre aos sábados, sendo que a primeira começa já, neste sábado, em São Martinho e no Imaculado Coração de Maria.

Em dezembro e no primeiro sábado do mês, dia 3, portanto, a recolha far-se-á nas freguesias de Santo António e São Pedro, sendo que no sábado seguinte, 10 de dezembro será a vez de São Roque, Monte e Santa Luzia, terminando esta campanha, no dia 17 de dezembro, com São Gonçalo e Santa Maria Maior.

O Município do Funchal relembra ainda que tem ao dispor dos munícipes um serviço de remoções a pedido. O custo deste serviço é de 15,10 euros por cada 15 minutos, sendo que, no caso das empresas, este custo passa a ser de 26,42 euros.

Também é permitido que os munícipes possam, igualmente, entregar este tipo de resíduos de grandes dimensões, de modo gratuito, na Estação de Transferência e Triagem de Resíduos Sólidos do Funchal, de segunda a sábado, das 8h às 22h.

Mais se informa que o abandono de monstros na via pública é punível com uma coima variável de 50 a 250 euros, de acordo com o Regulamento de Resíduos Sólidos e Comportamentos Poluentes do Funchal.

Recomendadas

Madeira: PCP reclama desenvolvimento e justiça social para zonas altas

Herlanda Amado referiu que não tem existido um verdadeiro investimento para garantir a qualidade de vida e segurança de quem vive nestas localidades, salientando que os problemas sociais têm-se agravado.

Madeira: Retribuição mínima mensal de 785 euros aprovada na especialidade

O diploma que fixa a retribuição mínima mensal, na Madeira, em 785 euros segue para votação final global. Em breve entrará em vigor na Região.

Madeira: Comissão de inquérito ao favorecimento de grupos económicos e ‘obras inventadas’ tomou hoje posse

Os membros da comissão têm até ao dia 7 de fevereiro para apresentar as propostas de metodologia de trabalho. A primeira reunião foi agendada para o dia 9 de fevereiro, e visa analisar as sugestões dos diferentes partidos na condução dos trabalhos desta comissão que vai investigar o alegado “favorecimento a grupos económicos e ‘obras inventadas’”.
Comentários