Câmara do Funchal vai contratar 30 cantoneiros e dez motoristas de pesados

Outra contratação que a autarquia vai fazer é a de um Técnico Superior, formado em Arquitetura, para o Urbanismo. Neste caso, a autarquia vai recorrer a uma reserva de recrutamento, dado já ter sido aberto um concurso anteriormente.

A Câmara Municipal do Funchal vai contratar 30 cantoneiros e dez motoristas de pesados. Após a reunião semanal da vereação, Pedro Calado explicou estes dois “procedimentos concursais”, que a autarquia vai abrir, com o “foco na limpeza urbana”», já que o objectivo é ter “uma cidade limpa, queremos uma cidade com condições para privilegiar o ambiente, a segurança, o bem-estar da população, uma cidade asseada”, daí o reforço do quadro de cantoneiros.

Paralelamente, o presidente da Câmara do Funchal, destacou mais dez postos de trabalho, para motoristas de pesados, realçando que havia lacunas nesta área, dado haver “cada vez mais pessoas a se reformarem”, existindo, pois, “necessidade, sobretudo para trabalharem na recolha do lixo e em outros serviços de salubridade e do ambiente”.

Outra contratação que a autarquia vai fazer é a de um Técnico Superior, formado em Arquitetura, para o Urbanismo. Neste caso, a autarquia vai recorrer a uma reserva de recrutamento, dado já ter sido aberto um concurso anteriormente.

Esta contratação, explica Pedro Calado, visa “desenvolver bem a cidade e dar uma resposta célere” aos processos que dão entrada na autarquia.

Para celebrar o 25 de Abril deste ano, a Câmara vai organizar um encontro-conferência de várias gerações, quer anteriores à data, quer posteriores.

O presidente da autarquia destaca que o que se pretende é debater e salientar a importância do 25 de Abril, “da democracia e liberdade, fazendo o contrapondo com o período da ditadura e ouvir a opinião das pessoas”, num debate aberto à sociedade.

A finalizar, a Câmara vai dar Tolerância de Ponto, na semana da Páscoa, «na quinta-feira santa e no sábado de aleluia», sendo que os serviços obrigatórios se irão manter.

Recomendadas

SATA prevê saída de 150 trabalhadores até final de 2023 através de rescisões negociadas

Cerca de 100 trabalhadores já saíram da companhia aérea açoriana SATA desde que foi lançado o primeiro programa de rescisões, em 2020.

Funchal Jazz começa esta segunda-feira “ao nível dos melhores eventos do jazz a nível mundial”

O evento, com a direção artística de Paulo Barbosa representa um investimento, no valor superior a 120 mil euros.

Sociedade de Desenvolvimento do Porto Santo abre concurso para exploração de espaço de restauração

As propostas deverão ser apresentadas até ao dia 14 de julho de 2022.
Comentários