Carlos III será proclamado oficialmente Rei na manhã de sábado

Carlos III falará pela primeira vez ao país como monarca pela televisão hoje às 18:00, adiantou a mesma fonte.

Carlos será oficialmente proclamado Rei na manhã de sábado, anunciou hoje o Palácio de Buckingham, indicando que a cerimónia começará às 10:00 locais (mesma hora em Portugal) no Palácio de Saint James, em Londres.

Carlos III falará pela primeira vez ao país como monarca pela televisão hoje às 18:00, adiantou a mesma fonte.

Segundo o protocolo da proclamação avançado pelo Palácio de Buckingham, ativado na sequência da morte, quinta-feira, da rainha que contava 96 anos, o Conselho de Ascensão, integrado pelos conselheiros reais, é dividido em duas partes.

Na primeira parte, refere o protocolo, o Conselho Privado, sem a presença do rei, proclamará o soberano e aprovará formalmente várias ordens consequentes, incluindo os preparativos para a proclamação.

Na segunda parte, o rei passará a liderar o Conselho Privado, onde fará uma declaração, lerá e assinará o juramento para defender a segurança da Igreja na Escócia e aprovará Ordens no Conselho que facilitem a continuidade do governo.

O Conselho de Adesão será seguido pela Proclamação Principal, que será lida às 11:00 locais na varanda no Palácio de Saint James.

A Proclamação será lida pelo Rei das Armas da Jarreteira, acompanhado pelo Cone Marechal, por outros oficiais de armas e pelos sargentos de armas.

Esta será a primeira leitura pública da Proclamação.

Tal como protocolado, a segunda Proclamação será lida na cidade de Londres, no Royal Exchange, às 12:00.

Outras Proclamações serão lidas na Escócia, Irlanda do Norte e País de Gales às 12:00 do dia seguinte, domingo.

Em reconhecimento ao novo Soberano, as bandeiras serão hasteadas a pleno haste desde o momento da Proclamação Principal no Palácio de Saint James até uma hora após as Proclamações na Escócia, Irlanda do Norte e País de Gales, após o que as bandeiras voltarão a meio haste em luto pela morte de Isabel II.

A rainha Isabel II morreu aos 96 anos no Castelo de Balmoral, na Escócia, após mais de 70 anos do mais longo reinado da história do Reino Unido.

Elizabeth Alexandra Mary Windsor nasceu em 21 de abril de 1926, em Londres, e tornou-se Rainha de Inglaterra em 1952, aos 25 anos, na sequência da morte do pai, George VI, que passou a reinar quando o seu irmão abdicou.

Após a morte da monarca, o seu filho primogénito assume aos 73 anos as funções de rei como Carlos III.

Recomendadas

Rainha Isabel II morreu de “velhice”, aponta atestado de óbito

O certificado também identifica o local da morte da rainha como “Castelo Balmoral”, a sua “residência habitual”

Conheça algumas das citações mais emblemáticas de Isabel II

“Declaro diante de todos vós que toda a minha vida, seja longa ou curta, será dedicada ao vosso serviço e ao serviço da nossa grande família imperial à qual todos pertencemos”, é uma das frases mais marcantes da rainha, que foi proferida no seu 21.º aniversário.

🔴 Em direto. Acompanhe o último adeus a Isabel II

Decorrem as cerimónias fúnebras da monarca britânica, após dez dias de luto. Centenas de líderes mundiais marcam presença no funeral de Isabel II, que morreu no dia 9 de setembro, aos 96 anos. Acompanhe em direto.
Comentários