Comentário: Montante recolhido no leilão superou o estimado

Portugal concretizou esta manhã um leilão duplo de Bilhetes do Tesouro, com vencimentos a 3 e 11 meses. E, “repetiu-se a história”, diz Filipe Silva, diretor da Gestão de Ativos do Banco Carregosa, “Portugal consegue endividar-se, no curto prazo, a taxas muito próximas de zero, e mesmo negativas na dívida que se vence daqui a […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Portugal concretizou esta manhã um leilão duplo de Bilhetes do Tesouro, com vencimentos a 3 e 11 meses. E, “repetiu-se a história”, diz Filipe Silva, diretor da Gestão de Ativos do Banco Carregosa, “Portugal consegue endividar-se, no curto prazo, a taxas muito próximas de zero, e mesmo negativas na dívida que se vence daqui a três meses”.

De acordo com o analista, “o montante recolhido no mercado foi superior ao estimado, que ia até 1,25 mil milhões de euros”.

Avança mesmo que “a procura se mantém forte, dentro do que têm sido os valores médios. Numa leitura mais analítica diria que o impasse na formação do governo, que pode estar a ter impacto nas acções, não tem efeitos no mercado de dívida pública. Enquanto o BCE continuar o seu programa de Quantitative Easing, garantindo a compra de dívida aos países, os investidores não receiam comprar.”

Bilhetes do Tesouro a três meses:

Taxa: -0,021% (taxa negativa)

Montante emitido: 300 milhões de euros

Procura: 3,37 vezes a oferta

 

Bilhetes do Tesouro a onze Meses:

Taxa: 0,006%

Montante emitido: 1,100 milhão de euros

Procura: 1,84 vezes a oferta

Fonte: Banco Carregosa

OJE

Recomendadas

PremiumEUA e zona euro vão ter uma “aterragem dura” na pista da recessão no próximo ano

A subida das taxas de juro para controlar a inflação vai ter forte impacto na economia em 2023. Alemanha afunda acima da média, com China a crescer acima do previsto.

PremiumJoão Caiado Guerreiro: “Os vistos gold têm sido extremamente positivos para o país”

Área de Imigração deverá continuar a ser das mais dinâmicas da Caiado Guerreiro, apesar do anunciado fim dos vistos ‘gold’. Processo para cobrar cinco milhões de euros em honorários à Pharol vai a julgamento em fevereiro.

Custo de cabaz alimentar de bens básicos aumentou 21% para adultos num ano, diz BdP

O banco central revela que entre outubro de 2021 e outubro de 2022, o custo mensal médio e mediano de um cabaz básico de consumo alimentar para um adulto com cerca de 40 anos aumentou 21% e 24%, respetivamente.