Casa protegida à prova do Pai Natal. E dos ladrões

É fácil esquecer o quão vulneráveis podem tornar-se as nossas casas nesta época festiva, por isso a Hiscox, lança alguns conselhos sazonais para manter os bens sãos e salvos. Entre outros cuidados, atenção: não anuncie nas redes sociais a sua agenda para este Natal.


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Luz, brilho, cor são sempre poucos mas…

Todos nós já ouvimos as histórias de fusíveis sobrecarregados sob a pressão de uma ambiciosa exibição de luzes de Natal, mas quais são os perigos mais subtis? “As tempestades são, provavelmente, a maior ameaça para as nossas casas durante o inverno”, afirma Gareth Gwyn-Jones, diretor de sinistros de habitação da Hiscox. Mas “as pessoas muitas vezes esquecem isso quando colocam as suas decorações de Natal ao ar livre. No caso de uma tempestade os enfeites mais pesados podem facilmente bater nas janelas ou portas de vidro, partindo-as”, sublinha o responsável.

Ao decorar o exterior da casa, certifique-se de que fixa bem e corretamente os enfeites. Caso se aproxime uma tempestade traga os objetos mais pesados para dentro de casa até que passe.

Secar a lenha

Nada é mais natalício do que uma lareira acesa na sala de estar. Se estiver a planear usar lenha certifique-se de que está devidamente seca antes de colocá-la na lareira. A lenha tem que ter um teor de água inferior a 20% antes de ser queimada, caso contrário irá causar um acumular de creosoto na chaminé. O creosoto (ou creosote) é um composto químico altamente inflamável que uma vez aceso pode rapidamente transformar-se num incêndio.

“É caso se ser muito cuidadoso com o que se queima”, afirma Gareth Gwyn-Jones. Tipos de madeira como o pinho precisam de ter sido submetidas a uma secagem de, no mínimo, seis meses, enquanto variedades como o carvalho precisam de, pelo menos, um ano. “Certifique-se de que contrata um limpa chaminés profissional no início da época para certificar-se de que não há potenciais bloqueios.”

A árvore de Natal convida

Por mais tentador que seja empilhar presentes debaixo da árvore de Natal semanas antes do grande dia, de acordo com Gareth Gwyn-Jones é melhor esperar até à noite anterior para exibir os presentes. “Pode ter um aspeto festivo mas é um convite irresistível para ladrões oportunistas”, afirma. “Isto torna muito mais fácil para alguém roubar tudo de uma só vez. Porque não tentar esconder a maior parte dos seus presentes e só trazê-los para fora mais tarde.”

Comentar nas redes sociais, no way!

Gareth Gwyn-Jones adverte igualmente contra a loucura de promover a agenda de Natal nas redes sociais. “Se vai para fora durante o Natal não o promova no Facebook ou Twitter”, afirma. “É uma forma de informar facilmente outras pessoas da sua ausência”.

“Em última análise, estas são todas boas práticas para adotar em qualquer época do ano”, conclui Gareth. “Mas numa época tão agitada do ano como o Natal, é especialmente importante”.

OJE

Recomendadas

Conferência “Poupar e Investir para um Futuro Melhor” a decorrer em Lisboa, com o apoio do Jornal Económico

A conferência é organizada pela Optimize Investment Partners, sociedade gestora portuguesa que disponibiliza uma gama de soluções de investimento para diversos perfis de risco e objetivos. Moderada por Nuno Vinha, subdiretor do Jornal Económico, consiste numa palestra de 30 minutos de cada um dos quatro oradores, um coffee break e uma mesa redonda com espaço para perguntas e respostas e interação com a plateia.

SIBS: mais de um quinto do valor gasto na Black Friday foi em compras online

O comércio online continua a ganhar peso nas compras em Portugal. Dados da SIBS revelam que 22% do valor gasto na última Black Friday foi em compras online, um peso que bate por muito os 18% do ano passado.

União Europeia, G7 e Austrália limitam barril de petróleo russo a 60 dólares

Os 27 estados-membros da UE chegaram a acordo, esta sexta-feira, no estabelecimento de um teto máximo para o preço do petróleo russo nos 60 dólares por barril. Os sete países mais industrializados do mundo (G7) e a Austrália juntam-se na decisão.