Católica debate migrações na era da globalização

O tema das migrações dá mote a um ciclo de conferências organizado pelo Instituto de Ciências da Saúde. A primeira sessão está agendada para 13 de janeiro.

Alkis Konstantinidis/Reuters

O ciclo de conferências internacionais – Desafios das migrações na era da globalização: Cuidados de Saúde Mental, Educação e Cultura inicia-se em janeiro e termina em setembro e comporta várias conferências mensais.

O primeiro fórum está agendado para 13 de janeiro, no auditório Padre José Bacelar e Oliveira, é dedicado às políticas de migração e está a cargo de Marie Rose Moro, da Universidade de Sorbonne.

As conferências são promovidas pelo Instituto de Ciências da Saúde, da Universidade Católica Portuguesa, em conjunto com a Faculdade de Ciências Humanas, em colaboração com o Alto Comissariado para as Migrações. Contam com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian, Plataforma de Apoio aos Refugiados e Plataforma Global de Assistência Académica de Emergência a Estudantes Sírios.

Todas as conferências são em inglês.

 

Recomendadas

Bruxelas quer que plataformas passem a cobrar IVA para evitar concorrência desleal

De acordo com as atuais regras de IVA, são os próprios prestadores de serviço – sejam motoristas ou donos de alojamento local – que são obrigados a coletar o IVA e a remiti-lo para as autoridades tributárias do seu país.

UE dá luz verde a entrada de Croácia no espaço Schengen

Com esta aprovação, pelos ministros dos Assuntos Internos da UE, seguindo a recomendação da Comissão Europeia de 16 de novembro, a Croácia deixará de ter fronteiras internas com os outros países do espaço Schengen.

Trabalhadores do MNE português no Brasil vão ter atualização salarial de 48,9%

Os trabalhadores nos postos consulares e missões diplomáticas no Brasil vão ter as suas remunerações atualizadas em 48,9%, a mesma percentagem da depreciação monetária acumulada do real, segundo legislação publicada em Diário da República.
Comentários