Cellnex em negociações para comprar torres na Europa da Hutchison de Hong Kong

Para a Cellnex a compra envolveria entrar em três novos países (Suécia, Áustria e Dinamarca) e reforçar a sua posição na Irlanda, onde já tem 1.146 torres, no Reino Unido, onde conta com 8 mil 135 torres, e na Itália, país onde já possui 14 mil 491 torres.

A espanhola Cellnex está em negociações avançadas com o grupo de Hong Kong Hutchison para comprar parte do seu negócio de torres na Europa, refere o diário económico espanhol Expansión, segundo a Bloomberg.

O negócio de torres da Hutchison na Europa engloba cerca de 28 mil e 500 localizações em seis países da Europa (Reino Unido, Itália, Irlanda, Suécia, Áustria e Dinamarca) e poderia ser adquirido pela Cellnex por cerca de nove milhões de euros, pelo que seria a operação mais importante da história da empresa espanhola, já que poderia crescer de repente quase 40% e superar as 100 mil localizações.

A Hutchison, fundada pelo multimilionário de Hong Kong Li Ka-shin, tem estado a trabalhar com conselheiros para criar uma empresa com as suas torres europeias como uma subsidiária separada e já tinha considerado vender uma parte minoritária do negócio.

Porém, uma venda total ajudaria o grupo de Hong Kong a reduzir dívida e a financiar os grandes investimentos que devem fazer para implantar as redes 5G.

Para a Cellnex a compra envolveria entrar em três novos países (Suécia, Áustria e Dinamarca) e reforçar a sua posição na Irlanda, onde já tem 1.146 torres, no Reino Unido, onde conta com 8 mil 135 torres, e na Itália, país onde já possui 14 mil 491 torres.

A agência assinala, porém, que a operação não está fechada e que ainda pode não acontecer. Também poderia ainda reduzir a sua ambição e não englobar todos os países do grupo asiático, já que nalguns deles, como são os casos da Itália e do Reino Unido, a sua presença já é muito significativa, podendo não precisar de aumentá-la mais.

Recomendadas

Mobilidade Sustentável: conheça a aposta da Schindler

Com a missão de ser cada vez mais sustentável, a Schindler estabeleceu para o ano de 2030 uma redução de 50% nas emissões de gases com efeito de estufa das suas atividades, com base nos dados de 2020.

Receitas das estações de serviço na Ibéria cresceram 29% em 2021 devido à subida dos preços

De acordo com a análise que a Informa D&B realizou a este setor, em 2021 o mercado ibérico registou um aumento significativo de 10,6% face a 2020 no volume das vendas de gasolina e gasóleo, que corresponde a 38,30 milhões de toneladas de combustível.

Dona da Betano celebra primeiro ano da TechHub de Lisboa com reforço das equipas

O Tech Hub da Kaizen Gaming em Lisboa já emprega trinta pessoas e o objetivo passa por continuar a crescer no mercado português. Nesse sentido, serão abertas vagas para diversas funções.
Comentários