PremiumCenteno diz que corte a direito no IVA da luz custa até mil milhões

O Governo rejeita uma descida abrupta no IVA da luz, defendendo um regime de menor carga fiscal nos casos de menor consumo. Centeno avisa Parlamento que corte a direito tem de ser compensado.

O ministro das Finanças avisa que uma descida do IVA da eletricidade vai custar centenas de milhões de euros aos cofres do Estado.

Nas contas do Governo, o “custo de uma redução transversal e imediata, quer para a taxa intermédia quer para a taxa mínima no IVA da eletricidade tem um custo, no primeiro caso, de 450 milhões de euros, até, no segundo caso de entre 800 e mil milhões de euros”, disse Mário Centeno na terça-feira durante a apresentação à imprensa da proposta do Orçamento do Estado para o próximo ano.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

SIC: Alargamento da dedução dos juros da habitação em sede de IRS poderá abranger mais de 660 mil famílias

Segundo a SIC Notícias, se a medida for incluída no Orçamento do próximo ano, como se espera, poderá abranger mais de 660 mil famílias. 

OE2023: PAN critica “rumo de desvalorização salarial” da função pública

A porta-voz do PAN criticou hoje a proposta de aumentos salariais para a função pública, apontando um “rumo de desvalorização salarial” e alertando que os funcionários públicos “viverão com menos recursos” no próximo ano.

OE2023: Iniciativa Liberal vai insistir no desagravamento de vários impostos

O líder da Iniciativa Liberal (IL) disse hoje, em Coimbra, que o partido vai apresentar cerca de uma dúzia de propostas de alteração ao Orçamento de Estado para 2023, que visam o desagravamento de vários impostos.
Comentários