Centeno diz que subida das margens de lucro da empresas pressiona inflação

O Governador do Banco de Portugal disse à “Reuters” ter levantado esta questão internamente em Portugal, mas acrescentou que “a nível europeu (isto) não tem estado tão no topo da agenda como eu gostaria”.

Flickr/MATT WRITTLE

A subida das margens de lucro das empresas europeias é “insustentável”, diz Mário Centeno à “Reuters”. O Governador do Banco de Portugal explica que essa subida está a ameaçar os esforços do BCE para combater a inflação.

“Algumas empresas da zona euro conseguiram aumentar as margens de lucro a uma taxa que corre o risco de dificultar os esforços para baixar a inflação”, disse na quarta-feira o governador do banco central português Mário Centeno.

Mário Centeno acrescenta que a tendência é evidente em Portugal, o que representa uma “perspetiva míope” por parte das empresas, pois contribui para elevar os preços e pressiona os aumentos de salários.

“Os números para Portugal são muito claros. As margens de lucro aumentaram bastante em 2022”, disse Centeno, que tem assento no conselho de fixação de taxas do Banco Central Europeu, à “Reuters”, à margem do Fórum Económico Mundial em Davos. Ora, “isto não é sustentável, não só porque isso terá um impacto nos preços, mas também na procura. Portanto, penso que será uma perspectiva míope do lado das empresas já que aumentará a pressão social sobre os salários para subir”.

Nas declarações que efetuou à “Reuters” à margem em Davos, Mário Centeno mostrou-se surpreso por este tema não estar na agenda europeia. O Governador do Banco de Portugal disse à Reuters ter levantado esta questão internamente em Portugal, mas acrescentou que “a nível europeu (isto) não tem estado tão no topo da agenda como eu gostaria”.

“Uma dificuldade que os banqueiros centrais enfrentam é que as margens das empresas são mais difíceis de medir do que a evolução salarial, o que significa que os especialistas em estatística têm de recorrer a inquéritos ou a indicadores indiretos para ter uma noção de como estão a evoluir”, alerta Centeno.

Recomendadas

Novas reformas do Estado sobem para 1.538 euros

Só em 2022, cerca de 16 mil funcionários apresentaram a reforma, um aumento de 8,2% face aos dados de 2021.

Fisco arrisca devolver milhões da taxa rodoviária (com áudio)

A CSR foi declarada ilegal em 2022 pela justiça europeia e um acórdão do centro de arbitragem abre a porta a que mais condutores exijam a devolução da taxa, segundo o “DN/Dinheiro Vivo”.

JE Bom Dia: Gomes Cravinho no Parlamento enquanto Disney apresenta resultados

Esta quarta-feira , o ministro João Gomes Cravinho vai ser ouvido no Parlamento sobre as obras do Hospital Militar de Belém. Em paralelo, o INE vai revelar como está a evoluir o mercado de trabalho nacional.
Comentários