Centros de vacinação encerram no Natal e passagem de ano

No dia 23 de dezembro, adiantou a DGS, “os centros de vacinação estarão dedicados, em exclusivo, à Casa Aberta para pessoas com 65 ou mais anos”.

Os centros de vacinação contra a Covid-19 vão fechar portas no período de Natal e fim de ano.

Em comunicado, a Direcção-Geral da Saúde (DGS) clarificou que “os centros de vacinação contra a covid-19 vão encerrar no período de Natal e Fim de Ano, respectivamente, entre os dias 24 e 26 deste mês e nos dias 31 de dezembro e 1 de janeiro de 2022”.

No dia 23 de dezembro, adiantou a DGS, “os centros de vacinação estarão dedicados, em exclusivo, à Casa Aberta para pessoas com 65 ou mais anos”.

Questionado sobre o encerramento dos centros de vacinação três dias no Natal e outros três dias no Ano Novo durante o briefing do Conselho de Ministros, esta terça-feira, António Costa garantiu que isto não significa que Portugal vai diminuir o processo de vacinação.

“Vamos acelerar o processo de vacinação. É preciso ter em conta que no próximo dia 27 faz um ano que se procedeu à aplicação da primeira vacina. Temos profissionais de saúde, em particular os enfermeiros e assistentes operacionais, quer do SNS quer dos municípios, exauridos, fatigados, cansados pela enorme pressão a que têm sido sujeitos. Precisamos de que todos tenham plena capacidade, mas temos que respeitar todos, e todos os profissionais também precisam de ter direito ao Natal e Passagem de Ano”, justificou Costa.

Notícia atualizada às 18h01

Recomendadas

Conferência do Jornal Económico debate os grandes temas de 2023

O auditório principal do Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) recebeu na passada sexta-feira, 16 de setembro, a conferência do sexto aniversário do Jornal Económico.

Primeiro-ministro espanhol testou positivo à Covid-19

Sánchez não disse se estava a sentir-se doente ou se iria cancelar outros compromissos na próxima semana.

Portugal registou 18.315 mil casos e 37 mortes de Covid-19 na última semana

A Direção-Geral da Saúde contabilizou mais 2.049 infeções em comparação à semana anterior.
Comentários