China. Crescimento das exportações cai para mínimos de quase dois anos

As medidas decretadas pelo governo chinês para travar o novo surto de Covid-19 contribuem para a redução das produções, levando a um notório abrandamento no crescimento das exportações. O mercado chinês já está a ser ultrapassado por outros países.

China

O crescimento das exportações chinesas abrandou para mínimos de quase dois anos, enquanto as importações quase não se alteraram. Em causa estão as restrições ligadas a confinamentos decretados um pouco por todo o território, que fizeram reduzir tanto a produção nas fábricas como a procura do consumidor, de acordo com a “Reuters”.

As exportações em dólares cresceram 3,9% em abril em comparação com o período homólogo. Este foi o crescimento mais lento desde junho de 2020. Em março, tinham subido 14,7% em relação ao mesmo mês do ano passado.

Os números revelam um abrandamento do setor comercial chinês, que representa cerca de um terço do PIB daquele país. Uma queda que acompanha os confinamentos decretados, com destaque para a cidade de Shanghai, a cidade mais populosa da China, onde as pessoas estão obrigadas a ficar nas suas casas.

“Os surtos do vírus levaram a enormes dificuldades nas cadeias de produção e nas cadeias de fornecimento”, disse na segunda-feira um analista do Instituto de Pesquisa de Investimentos de Zhixin.

“Entretanto, alguns países do sudeste asiático estão a expandir as suas produções e de alguma forma estão a substituir as exportações chinesas”, acrescentou Chang Ran.

Relacionadas

Covid-19: Disney encerra parque em Xangai face a pior surto desde o início da pandemia

A Disney fechou hoje o parque temático em Xangai, numa altura em que as autoridades chinesas tentam controlar o maior surto de covid-19 registado na “capital” económica da China desde o início da pandemia.
Recomendadas

“Senhor PRR” alerta que guerra e inflação são riscos acrescidos ao plano

O novo presidente da Comissão Nacional de Acompanhamento do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) considera que a guerra na Ucrânia e a inflação são riscos acrescidos ao plano que precisam de estratégias para serem mitigados.

Pedro Dominguinhos é o novo presidente da comissão de acompanhamento do PRR

A Comissão Nacional de Acompanhamento do PRR era presidida por António Costa Silva, que entretanto tomou posse como ministro da Economia e do Mar no atual Governo.

PremiumIndefinição no SEF gera críticas pela degradação do serviço

Novo adiamento da extinção do SEF leva partes interessadas a questionarem a degradação dos serviços. Agendamentos para reagrupamento familiar chegam a demorar um ano a marcar.
Comentários