Chocolate. Peru dá prémio de 9000 euros

O Ministério do Comércio Exterior e Turismo do Peru associou-se ao evento “O Chocolate em Lisboa” que promove uma competição a nível nacional para todos os amantes da iguaria. As inscrições estão abertas até 15 de janeiro.


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Com prémios no valor de 9000 euros, o “Concurso de Chocolate Peruano” procura as melhores criações que tenham como elemento base o cacau de origem peruana, às quais devem ser adicionados outros produtos típicos que caracterizam a cultura do país. A República do Perú assinala desta forma a sua estreia como “País Produtor Convidado” do certame que se realiza no Campo Pequeno, em Lisboa entre 4 e 7 de fevereiro.

As inscrições estão abertas até 15 de janeiro de 2016 e estão abertas a toda a comunidade portuguesa. A avaliação e supervisão técnica do “Concurso de Chocolate Peruano” vai estar a cargo do Cacau Clube de Portugal e do reputado Mestre Chocolateiro, Chef António Melgão.

“Com o objetivo de aproximar o público nacional desta iguaria cuja ligação ancestral ao cultivo de sementes de cacau remonta à civilização Inca, o Ministério do Comércio Exterior e Turismo do Peru decidiu lançar, em conjunto com o Campo Pequeno e o Cacau Clube de Portugal, este aliciante concurso. A iniciativa vai ser uma das grandes atrações que marcarão a presença da República do Peru como o País Produtor Convidado deste certame que já é uma referência no nosso panorama gastronómico”, refere Filipe Frazão, da organização d’O Chocolate em Lisboa.

O Concurso de Chocolate Peruano vai premiar a melhor criação nacional com 5000 euros. Ao segundo e terceiro classificados vão ser atribuídos 2500 euros e 1500 euros, respetivamente. Estarão cinco categorias a concurso: Tabletes; Bombons, Trufas e Pralines; Bebidas de Chocolate; Bolachas e Biscoitos; Bolos e Entremeio.

A revelação dos vencedores e entrega de prémios terá lugar no primeiro dia d’O Chocolate em Lisboa, evento que vai decorrer de 4 a 7 Fevereiro de 2016.

Recomendadas

Premium“O desenho pode ser um ponto de partida para começar uma coleção”

“Os portugueses conhecem os seus artistas, respeitam-nos e valorizam-nos”. Palavra de curadora, que é também diretora da única feira dedicada ao desenho em Portugal. Mónica Álvarez Careaga fala ao JE na identidade muito própria da Drawing Room Lisboa e da sua crescente “portugalidade”, que considera ser o reconhecimento de “várias gerações de excelentes artistas” portugueses.

PremiumSom harmonioso

Desenvolvido em segredo, o Co-Axial Master Chronometer Calibre 1932 é o primeiro movimento de relojoaria do mundo a fundir as funções de cronógrafo e de repetidor de minutos, necessitando do seu próprio “cérebro” mecânico para fazer soar o tempo decorrido.

PremiumSobre a necessidade de reinvenção de um continente no século XXI

Uma reportagem recente de um consórcio nacional de jornalistas trouxe para a luz do dia a existência de um número verdadeiramente assustador de elementos das forças de segurança portuguesas que não honram a farda, semeando o ódio, incentivando à violência e demonstrando um feroz racismo, quer contra cidadãos de etnia cigana, quer contra negros.