Chuva volta na próxima madrugada. Oito distritos com alerta amarelo

Previsão de períodos de chuva, por vezes forte.

Oito distritos de Portugal continental vão estar na quarta-feira sob ‘Aviso Amarelo’ devido à previsão períodos de chuva, por vezes forte, informou hoje o Instituto Português do mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o instituto, os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa e Setúbal vão estar sob ‘Aviso Amarelo’ entre as 03:00 e as 09:00 de quarta-feira por causa da chuva forte.

Sob ‘Aviso Amarelo’ estão também os distritos de Vila Real, Bragança e Guarda devido à previsão de nevoeiro persistente até às 15:00 de hoje.

O ‘Aviso Amarelo’ é emitido pelo IPMA quando há risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O IPMA prevê para hoje no continente céu geralmente muito nublado, sendo por nuvens altas no litoral Norte e Centro até ao final da manhã, períodos de chuva fraca no litoral Norte e Centro para o final do dia e vento fraco, tornando-se a partir do meio da tarde moderado do quadrante sul no litoral oeste e moderado a forte nas terras altas.

A previsão aponta ainda para neblina ou nevoeiro matinal, que poderá persistir em alguns locais do nordeste transmontano, da Beira Alta e nos vales dos rios, formação de geada nas regiões do interior Norte e Centro e pequena descida da temperatura máxima.

Em Lisboa as temperaturas vão oscilar entre 09 e 14 graus Celsius, no Porto entre 10 e 16, em Vila Real entre 04 e 10, em Viseu entre 05 e 13, em Bragança entre 02 e 10, na Guarda entre 04 e 07, em Coimbra entre 08 e 15, em Castelo Branco entre 05 e 10, em Santarém entre 07 e 15, em Évora entre 05 e 14, em Beja entre 06 e 15 e em Faro entre 11 e 18.

 

Recomendadas

“Metade das pessoas que precisam de apoio psicológico não têm meios para o conseguir”, alerta bastonário da Ordem dos Psicólogos

Começa esta quarta-feira em Aveiro o quinto congresso da Ordem, evento que servirá também para reforçar bandeiras “antigas”, como por exemplo a questão do reforço no número de psicólogos no SNS, situação que a nova gestão executiva terá que priorizar se houver vontade política, de acordo com a opinião do bastonário em entrevista ao JE.

Pais com “maior dificuldade” em pagar as despesas escolares dos filhos, alerta Deco

Estudo da Deco Proteste revela que os pais estão com maior dificuldade em pagar as despesas escolares dos filhos este ano. Mais de metade dos agregados familiares afirmam estar com mais dificuldades em fazer face aos custos com a escola dos filhos. E 42% conseguem pagar a maioria das despesas, mas não todas. Já quase três em cada dez confessam ser impossível enfrentar alguns gastos.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta terça-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta terça-feira.
Comentários