Chuvas na Madeira: 27 pessoas retiradas de casa em São Vicente por precaução

O serviço Regional de Proteção Civil da Madeira refere não haver “danos pessoais a registar” nas sequência das chuvas fortes que têm caído, especialmente no norte da ilha.

Vinte e sete pessoas foram esta sexta-feira retiradas das suas casas por precaução em São Vicente na sequência das fortes chuvas que atingem a Madeira e alguns carros foram arrastados, disse o presidente do município, acrescentando não haver feridos.

Segundo José António Garcês, as 27 pessoas (20 da Ponta Delgada e sete de Boa Ventura) foram para casa de familiares e amigos e não têm as suas habitações danificadas, já que o único imóvel que ruiu é uma casa de férias.

O autarca falava aos jornalistas em São Vicente, onde também o secretário regional dos Equipamentos, João Fino, fez um ponto de situação dos trabalhos desenvolvidos pelo Governo Regional.

De acordo com o governante, estão a avançar trabalhos de desobstrução nas estradas regionais 211 e 220, mas apenas poderão ficar concluídos no sábado, tendo em conta as limitações de proceder às operações durante a noite.

Questionado sobre se a freguesia da Ponta Delgada deixará de ficar isolada esta noite, João Fino respondeu afirmativamente, mas sublinhou que o rescaldo só pode ser feito no sábado.

O serviço Regional de Proteção Civil (SRPC) da Madeira refere não haver “danos pessoais a registar” nas sequência das chuvas fortes que têm caído, especialmente no norte da ilha.

“Em virtude das condições meteorológicas adversas que afetaram a costa norte, Boaventura e Ponta Delgada, foram registadas algumas ocorrências de inundações e interrupções de vias”, refere o SRPC na sua página na Internet.

Este serviço adianta que estão “mobilizados meios dos Bombeiros Voluntários de São Vicente e Porto Moniz, Direção Regional de Estradas, PSP, Serviço Regional de Proteção Civil de São Vicente e que estão a proceder a reconhecimento das várias situações identificadas”.

Relacionadas

Chuvas fortes têm provocado inundações e derrocadas no norte da Madeira

“Há várias situações que estamos a acudir”, disse o autarca de São Vicente.
Recomendadas

Madeira: PTP expressa preocupação com programa de recuperação de cirurgias

O partido defende a alocação de mais recursos para os programas de recuperação de cirurgias, e considera que este deveria ser “eficiente e servir os seus objetivos de recuperação e não contribuir para agravar e desestabilizar o que está funcionando bem na saúde”.

Gasolina e gasóleo descem oito e nove cêntimos na Madeira (com áudio)

A gasolina passa dos 1,729 para os 1,648 euros por litro, e o gasóleo passa dos 1,708 para os 1,613 euros por litro.

Sabia que as dívidas também prescrevem? Saiba mais sobre estes prazos

Relembramos que existem exceções na lei que podem alterar algum destes prazos. Por isso, o melhor será sempre o consumidor contactar primeiramente entidades que o possam ajudar e não deixar arrastar a situação. 
Comentários