CIP antecipa futuro da economia portuguesa

António Saraiva, presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP), falou esta quarta-feira para um grupo de empresários sobre as expectativas que a organização tem sobre o novo Governo.


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Francesa, as Câmaras Luso-Alemã, Luso-Belga-Luxemburguesa e Luso-Japonesa e a Associação Nacional dos Jovens Empresários (ANJE) promoveram esta quarta-feira um pequeno-almoço debate, com a presença de António Saraiva, presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP).

A iniciativa visou analisar o que a CIP espera do novo Governo, explica informação disponibilizada à imprensa. Dirigindo-se ao fórum de empresários presentes, António Saraiva abordou alguns temas de particular relevância como “o futuro das atividades económicas em Portugal, a estabilidade e a segurança laboral e fiscal e a concertação social”.

Carlos Suárez e Francisco Campilho participaram no debate em representação da Victoria Seguros, que patrocinou o pequeno-almoço.

OJE

 

Recomendadas

Banco de Fomento lança consulta pública para dois novos Programas de co-investimento em PME

Estando ainda disponível o montante de 475 milhões de euros para lançar novos Programas, “o BPF convida as empresas e todos os interessados a participar na consulta pública acerca de futuras soluções de capital e quase capital, com o objetivo de obter contributos sobre as condições de dois Instrumentos Financeiros pré-estruturados destinados a fomentar a constituição de empresas e/ou capitalização empresarial”, revela o banco liderado por Ana Carvalho.

Premium“Somos a ótica das pessoas e que traz o know how francês”, diz CEO do grupo MonOpticien

Em entrevista ao JE, o CEO do grupo MonOpticien, Florent Carriére, explica o modelo de subscrição que traz para Portugal. “O meu concorrente não é a Multióticas, é a a Netflix e o Spotify”, sublinha.

Bancos da zona euro devolvem antecipadamente 447,5 mil milhões ao BCE

Este montante vem juntar-se aos quase 300 mil milhões de euros que foram reembolsados antecipadamente em 23 de novembro.