PremiumCMVM retira licença à InvestQuest e aciona o Sistema de Indemnização

CMVM e Banco de Portugal revogaram a autorização para a gestora de patrimónios liderada Nuno Dimas operar, por alegadas irregularidades. O Sistema de Indemnização aos Investidores foi acionado.

A Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) retirou a autorização à InvestQuest – Sociedade Gestora de Patrimónios para operar e já acionou o Sistema de Indemnização aos Investidores (SII) que garante a cobertura dos créditos dos investidores até ao limite de 25 mil euros.

Por trás deste cancelamento de registo da gestora liderada por Nuno Dimas estão alegadas irregularidades relacionadas com os deveres para com os clientes, segundo fonte próxima do processo.

 

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

“Angola representa uma oportunidade para os nossos acionistas”, afirma CEO do Access Bank

“Angola representa uma oportunidade para os nossos acionistas participarem no que acreditamos que irá gerar um valor mais forte à medida que África vai emergindo”, explicou Herbert Wigwe, CEO da Access Holding Pics, numa entrevista exclusiva para a Forbes África Lusófona.

Montepio vende Finibanco Angola a grupo da Nigéria

O Acess Bank é uma entidade detida a 100% pela Access Holdings Plc (Access Corporation), um banco comercial que opera através de uma rede de mais de 700 balcões e pontos de atendimento, abrangendo 3 continentes, 17 mercados e 45 milhões de clientes, segundo o Montepio. Valor não foi divulgado.

Lucros do Banco de Fomento sobem 135% para 22,9 milhões de euros em 2021

“Este aumento explica-se, essencialmente, pelo crescimento do produto bancário que passou de 31,89 milhões de euros, em 2020 para 44,69 milhões de euros no ano em análise”, ou seja, subiu 40%.
Comentários