PremiumCNN Portugal já tem diretor mas falta autorização da ERC

Media Capital quer lançar CNN Portugal até ao fim do ano, mas regulador ainda não recebeu pedido de autorização. Nuno Santos será o diretor do novo canal e poderá deixar de ser diretor geral da TVI.

O atual diretor-geral da TVI, Nuno Santos, é o nome apontado para liderar a CNN Portugal, projeto que substituirá a TVI 24 até ao final do ano e que será programado e operado pela Media Capital, sob licença da estação norte-americana, a qual dará formação e acesso a conteúdo de todo o portefólio da CNN. Ora, apesar de já haver um nome para liderar o projeto, a Media Capital ainda não submeteu qualquer pedido para licenciar o novo projeto, de acordo com a Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC). O novo canal só avança com a luz verde do regulador dos media.

“Até à data, a ERC só tomou conhecimento do negócio entre a TVI – Televisão Independente de Comunicação S.A e a Turner Broadcasting para a emissão em Portugal do serviço de programas CNN Portugal”, afirma ao Jornal Económico fonte oficial do regulador dos media. A mesma fonte adianta que, apesar da nota formal sobre a operação, a ERC “ainda não tem qualquer requerimento para a referida autorização (nos termos dos artigos 17.º e 18.º da Lei da Televisão e dos Serviços Audiovisuais a Pedido, LTSAP (na sua versão atual), ou pedido de alteração de projeto, em conformidade com os n.ºs 2 e 3 do artigo 21.º da referida lei”. A ideia da Media Capital é a aproveitar a estrutura que já existe na operação da TVI 24 e fazer um rebranding, com o canal de notícias da TVI a dar lugar à CNN. Fonte oficial da ERC sublinha, contudo, que “as licenças e as autorizações para a atividade de televisão são intransmissíveis”, ao abrigo da LTSAP.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

PremiumRede 5G, um ano e quatro mil antenas depois

Portugal arrancou com a tecnologia de quinta geração a 26 de novembro. NOS, a primeira a lançar, revela que conta com 3.200 estações instaladas.

PremiumOaktree, Cerberus e Vanguard na corrida à VIC Properties

A Alantra vai receber esta sexta-feira as propostas não vinculativas para a compra dos ativos da VIC Properties. A Vanguard deverá avançar para o Pinheirinho. Oaktree e Cerberus entre os interessados.

Marcas vs Catar: o difícil equilibrismo das maiores marcas do mundo. Veja o “Jogo Económico”

Do equilibrismo de quem patrocina a prova à anti-campanha de quem está de fora, estes dias estão entregues a uma espécie de Mundial de marcas com desfecho imprevisível. Daniel Sá, especialista em marketing desportivo e diretor-executivo do IPAM e Henrique Tomé, analista da corretora XTB, são os convidados desta edição.
Comentários