Coca-Cola: o novo sabor vai estrear… no Fortnite

Os jogadores daquele videojogo vão poder experienciar o próximo sabor da Coca-Cola antes de este chegar às prateleiras dos supermercados. 

DR

A Coca-Cola vai aproveitar o Fortnite, um dos videojogos mais jogados na atualidade a nível mundial, para lançar uma edição limitada da marca de bebidas. Uma edição que vai ser lançada e inspirada no próprio jogo. O sabor Zero Açúcar Byte representa mais um passo para o Fortnite como plataforma de publicidade e mostra a crença da Coca-Cola no plano da Epic Games (que desenvolveu o jogo) de criar um mundo virtual.

Segundo o “Digiday”, aquele é um espaço colorido com neon e com abundantes referências àquela marca de bebidas, incluindo puzzles e pequenos jogos dentro de garrafas de vidro e latas gigantes. Chase Abraham, gestor da estratégia criativa da marca, disse que foi dada “muita liberdade” à Epic Games para ideias inovadoras. “Para nós o mundo virtual é um sítio digital onde as pessoas se podem juntar e ter esta experiência”, destacou, citado pelo mesmo sítio online.

Depois de parcerias com a Marvel e a NFL (Liga de futebol americano), por exemplo, desde 2018, esta parceria permite ao Fortnite ascender ainda mais como uma gigante plataforma de publicidade

“Ao ser ativado no Fortnite, acho que eles estão a seguir uma rota segura, já que o Fortnite é um jogo enorme e a própria marca está segura”, disse Tom Sweeney, chefe de estratégia criativa de redes sociais e marketing da agência Fanbytes. “Eles percebem que os jogos e os ecossistemas que dali evoluíram são partes fundamentais do que vai ser reconhecido como o ambiente digital.”

Recomendadas

À beira dos 100 anos de vida, Disney está prestes a perder os direitos sobre o Mickey

Os direitos de autor sobre a personagens estão quase a expirar e vão passar para domínio público, como consequência da lei dos Estados Unidos.

Jogos Olímpicos 2024. Empresa portuguesa recebe cinco milhões para construção arquitetónica

O contrato está inserido numa operação de 136 milhões de euros e visa a construção da Arena Porte de la Chapelle, que vai servir de palco para os Jogos de 2024.

MP pede ao Tribunal da Concorrência para manter coima de 48 milhões à EDP e empresa pede absolvição

O Ministério Público pediu hoje ao Tribunal da Concorrência para manter a coima de 48 milhões de euros aplicada à EDP Produção por abuso de posição dominante, tendo a empresa defendido a absolvição “pura e simples”.
Comentários