Combustíveis com desconto de 20 cêntimos por litro a partir de segunda-feira (com áudio)

Medida vai permitir reduzir em mais de 40% os preços do gasóleo e da gasolina face a outubro.

O primeiro-ministro, António Costa, durante debate sobre Orçamento do Estado de 2022, na Assembleia da República, em Lisboa, 28 de abril de 2022. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Os combustíveis vão passar a ter um desconto de 20 cêntimos por litro a partir da próxima segunda-feira, 2 de maio, anunciou esta quinta-feira o Governo.

“Quero anunciar que tendo sido promulgada a lei aprovada no Parlamento na passada sexta-feira, na próxima segunda feira a nova descida do ISP vai baixar a carga fiscal em 20 cêntimos por litro”, disse hoje o primeiro-ministro no Parlamento.

Isto vai permitir “reduzir em 62% do aumento do preço da gasolina e 42% do aumento do preço do gasóleo desde outubro último”, acrescentou.

Na semana passada foi aprovado o decreto que permite baixar o ISP para o equivalente a uma redução do IVA dos combustíveis a 13%. Esta redução vai vigorar durante dois meses.

Esta medida tem um custo estimado de 85 milhões de euros por mês, 170 milhões de euros no total.

Relacionadas

Costa garante que OE2022 “responde às necessidades do país”

Segundo o primeiro-ministro “esta proposta foi referendada e a resposta dos portugueses foi esclarecedora”.

Marcelo promulga medidas de resposta ao aumento dos preços dos combustíveis

O Presidente da República promulgou esta quarta-feira um decreto do parlamento que “aprova medidas excecionais e temporárias de resposta ao aumento dos preços dos combustíveis”, adiantou em comunicado. 
Recomendadas

A partir de janeiro é necessário reservar e pagar taxa para entrar em Veneza

A partir de 16 de janeiro de 2023 será obrigatório reservar a entrada e pagar taxa na cidade italiana de Veneza, que se tornará a primeira do mundo a adotar este sistema para controlar o turismo de massas, anunciou hoje a Câmara Municipal.

Transportes rodoviários com mais descontos na Lezíria do Tejo a partir de hoje

Os passes municipais e intermunicipais passam a beneficiar de um desconto de 50%, bem como o passe inter-regional Lezíria do Tejo/Alentejo Central e o passe Inter-regional Lezíria do Tejo/Área Metropolitana de Lisboa.

“Aqueles que podem gastar são bem-vindos”. Butão reabre ao turismo em setembro

Os turistas terão de pagar uma “taxa de desenvolvimento sustentável” de 200 dólares por turista por noite para compensar o impacto carbónico dos visitantes, segundo as autoridades. Em comparação, nos últimos 30 anos a taxa ficava-se nos 65 dólares/noite.
Comentários