Combustíveis descem amanhã pela décima semana consecutiva

Se precisa de atestar o depósito espere por segunda-feira. Veja aqui onde estão os postos mais baratos.

Os preços dos combustíveis vão descer na próxima semana, refletindo as cotações médias da gasolina e do gasóleo nos mercados internacionais. Segundo fonte do sector contactada pelo Económico, a “evolução das cotações em euros aponta para uma descida dos preços – mais acentuada no gasóleo que na gasolina.”

As descidas vão sentir-se tanto nas bombas das principais gasolineiras como nos postos dos hipermercados, onde “os cortes rondam os 0,0091 euros por litro, no caso do gasóleo, e 0,002 euros por litro no que diz respeito à gasolina”, avançou uma outra fonte.

Os preços dos combustíveis estão a descer há nove semanas consecutivas. Na semana passada, e apesar da recomendação de manutenção dos preços, os postos de abastecimento nacionais optaram por reduzir o custo de ambos os combustíveis. Segundo dados da Direcção Geral de Energia e Geologia (DGEG), desde 08 de outubro, altura em que os preços começaram este ciclo de quedas, a gasolina desceu 16 cêntimos, enquanto o gasóleo recuou 10 cêntimos por litro.

De acordo com a DGEG, o preço médio do litro de gasolina 95 em Portugal está actualmente nos 1,485 euros, o valor mais baixo desde Outubro de 2017. Já o gasóleo vale 1,372 euros, o que quer dizer que está a cotar em mínimos de sete meses.

Ainda assim, e de acordo com o último relatório de Bruxelas, depois de impostos, o preço médio da gasolina 95 octanas praticado em Portugal é o oitavo mais caro em toda a UE. Já o gasóleo ocupa a 11ª posição entre os 28 países do espaço comunitário.

Os mesmos dados mostram que os valores cobrados pelos postos nacionais são superiores aos preços praticados em Espanha. O gasóleo custa menos 14 cêntimos por litro no país vizinho. Já a gasolina vale menos 21 cêntimos. Isto quer dizer que se o condutor passar a fronteira para atestar um depósito de 60 litros de gasolina uma vez por semana, ou quatro vezes por mês, vai poupar mais de 600 euros por ano.

O relatório da Comissão Europeia também deixa claro que a grande fatia do preço cobrado por cada litro de combustível em Portugal vai para os cofres do Estado.

Os mais Económicos
Gasolina(s):
– Intermarché de São Brás Alportel – 1.289€

– Pingo Doce de Leiria Marrazes – 1.310€

– Intermarché de Azambuja -1.329€

– Intermarché de Vila Real de Santo António – 1.329€

– Rede Energia de Monte Gordo – 1.329€

Gasóleo(s):
– Intermarché de Vila Real de Santo António – 1.199€

– Rede Energia de Monte Gordo – 1.199€

– Pingo Doce de Castelo Branco-Cruz de Montalvão – 1.199€

– Pingo Doce de Castelo Branco-Cruz de Montalvão – 1.208€

– Jumbo de Castelo Branco – 1.209€

Fonte: DGEG

 

Recomendadas

“O fundo de emergência deve ser sempre o primeiro patamar de poupança e devemos começar a constituí-lo o quanto antes”, diz Bárbara Barroso

“O fundo de emergência deve ser sempre o primeiro patamar de poupança e devemos começar a constituí-lo o quanto antes. Depois disso, podemos pensar em passar para outro patamar e começar, por exemplo, a investir as poupanças”, considerou a CEO da MoneyLab na Conferência “Poupar e Investir para um Futuro Melhor”.

“É importante começar a poupar o mais cedo possível, idealmente em criança”, diz Pedro Lino

Pedro Lino, da Optimize, CEO da Optimize, foi o orador a encerrar a ronda de apresentações com uma exposição sobre a estratégia dos fundos da empresa que dirige. A conferência “Poupar e Investir para um Futuro Melhor” decorreu hoje, sábado, no Epic Saba Marquês, com o apoio do Jornal Económico.

“Um por cento das empresas ganha tudo o que há para ganhar na bolsa”, diz Francisco Carneiro

O Managing Partner da LFO falou na conferência sobre literacia financeira, poupança e investimento denominada “Poupar e Investir para um Futuro Melhor”, explicando à audiência como selecionar as melhores empresas para investir.  “Não ter concorrência é uma ideia ótima e é disso que andamos à procura”, disse.  
Comentários