Combustíveis sobem pela quinta semana consecutiva

Gasolina e gasóleo voltam a aumentar, mas parlamento pede auditoria ao setor.

Os preços dos combustíveis voltaram a subir esta segunda-feira, estando o preço médio fixado nos 1,207 euros por litro de gasóleo e 1,448 euros por litro de gasolina. Desde o início do ano, o gasóleo já aumentou 14,5 cêntimos e a gasolina 11,1 cêntimos.

É a quinta semana consecutiva em que o preço dos dois combustíveis subiu, sendo que a atualização coloca os preços no valor mais alto de 2016. Na primeira semana de janeiro de 2016, o gasóleo era comercializado a 1,061 euros por litro e a gasolina a 1,337 por litro, em termos médios.

O parlamento publicou também na segunda-feira uma resolução de 27 de outubro em que recomenda uma auditoria ao mercado dos combustíveis. A resolução questiona a formação do preço final dos combustíveis e o lucro das empresas, mas também o diferencial de preços existentes entre diferentes categorias de combustíveis.

O mesmo diploma pede a descida dos custos com os combustíveis e sugere que gasóleo profissional esteja disponível também para táxis e pequena camionagem de mercadorias. Existe neste momento gasóleo profissional junto à fronteira para camiões acima das 35 toneladas, o que poderá passar a acontecer também noutros pontos do país durante o próximo ano.

Relacionadas

Combustíveis: Natal não traz prenda, preços sobem pela quinta semana

Os preços dos combustíveis voltam a subir a partir de segunda-feira. Aumento será maior na gasolina, tanto nas cadeias de marca branca, como nas principais gasolineiras.

Combustíveis subiram esta madrugada para máximos de mais de um ano

Os preços dos combustíveis subiram esta madrugada, pela quarta semana consecutiva. Gasolina sobe acima dos 1,50 euros por litro.

Combustíveis vão disparar para máximos desde o Verão de 2015

Os preços dos combustíveis voltam a subir a partir de segunda-feira. É a quarta semana consecutiva de ganhos. Gasolina deverá superar os 1,50 euros por litro.
Recomendadas

Gazprom corta distribuição de gás para Itália

A Gazprom fornece gás a Itália através de um gasoduto que passa também pela Áustria, mas este corte terá apenas o território como alvo.

OPEP retoma reuniões presenciais perante medo de recessão internacional

A OPEP+, o grupo integrado pelos membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) e aliados, reúne-se quarta-feira pela primeira vez presencialmente desde março de 2020, num momento em que crescem os receios de uma recessão internacional.
Comentários