Comércio online representou 22% de todo o comércio na Black Friday

As compras por MB Way dispararam face a 2019, com uma subida de 1.730%, de acordo com os dados divulgados pelo Forward Payment Solutions (SIBS).

Moda e Inteligência Artificial

O comércio online continua a ganhar peso em Portugal e representou 22% do valor gasto em compras na última Black Friday (dia 25 de novembro), mais 10% do que os registos de 2019, o último ano anterior à pandemia. Em simultâneo, as compras por MB Way dispararam face a 2019, com uma subida de 1.730%, de acordo com os dados divulgados pelo Forward Payment Solutions (SIBS).

Depois de as compras online terem representado um peso total de 12% em 2019, 16% em 2020 e 18% em 2021, a Black Friday de 2022 trouxe um novo registo máximo, na ordem de 22%. Na mesma linha segue a quantidade de pagamentos efetuados por MB Way, que foram 1.730% vezes mais do que em 2019 e 590% vezes no que diz respeito às compras online.

Os consumidores portugueses têm dispersado as suas compras pela Black Week (de 21 a 28 de novembro) e, neste contexto, registou-se um crescimento no total de compras aumentou 12% nesta semana, em comparação com o mesmo período de 2021. Especificamente na Black Friday, o aumento foi de 7%. Ainda assim, o valor médio das compras caiu 5,4%, dos 42,7 euros para os 40,4 euros.

Entre as categorias dos produtos adquiridos, o maior aumento foi na de “moda e acessórios” (mais 260%), seguida por “Beleza Cosméticos e Perfumes”  (210%) e “Material Desportivo e Recreativo” (160%).

Recomendadas

Reditus volta a adiar a apresentação dos resultados de 2021

A empresa estima que “a publicação dos seus documentos de prestação de contas individuais e consolidadas de 2021 seja concretizada até ao dia 24 de fevereiro de 2023”.

Dinamarquesa Eurowind Energy investe mais de 400 milhões de euros em Portugal

A multinacional dinamarquesa Eurowind Energy, que inaugurou esta terça-feira o segundo parque solar de produção de eletricidade do país, quer investir até ao fim desta década mais de 400 milhões de euros em Portugal.

Oito empresas portuguesas no index de igualdade de género da Bloomberg

Em análise estiveram cinco aspetos, desde a capacidade de liderança de talentos até às medidas contra o assédio sexual em ambiente profissional.
Comentários