Comissão de trabalhadores acusa grupo Amorim de “incapacidade” para dirigir Galp por anúncio da saída do CEO sem substituto

A Comissão Central de Trabalhadores (CCT) da Petrogal acusou hoje o Grupo Amorim de incapacidade “para controlar e dirigir a Galp”, na sequência do anúncio da saída do presidente executivo, Andy Brown, no final do ano, sem anúncio de substituto.

Em causa está o anúncio, na segunda-feira, de que Andy Brown comunicou ao Conselho de Administração que vai terminar o seu mandato em 31 de dezembro.

Na nota publicada na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Galp adiantou que conta anunciar a nova liderança executiva antes do final do ano.

“Este processo é muito peculiar porque Andy Brown anunciou que sairá no final do ano, mas a presidente do Conselho de Administração [Paula Amorim] não anunciou quem o iria substituir, pelo que viveremos três meses de expectativa e incerteza”, considerou a CCT.

Para aquela estrutura, “o anúncio da saída de Andy Brown (que não aqueceu o lugar), exige que a presidente do Conselho de Administração assuma a liderança de facto da empresa e assegure a concretização de todos os investimentos previstos”, como a produção de combustíveis sintéticos e a produção de hidrogénio na Refinaria de Sines, que ainda não foram aprovados, ou o desenvolvimento do Matosinhos Innovation Hub.

“No início da nota aos trabalhadores [a dar conta da saída], Andy Brown reclama ter a missão cumprida. Ele saberá melhor dos objetivos a que se propôs, todavia, no que toca ao plano estratégico que anunciou até 2025, nada está concretizado”, acusou a CCT.

A estrutura considerou também que a “situação precária da grande maioria dos trabalhadores despedidos” da refinaria do Porto, a quem “continuam por ser dadas respostas satisfatórias que passam pela reintegração de todos”, bem como “as propostas miseráveis apresentadas a alguns trabalhadores para irem para Sines”, com salários de 1.000 euros, são “um péssimo cartão de despedida para Andy Brown”.

Andy Brown substituiu, no ano passado, Carlos Gomes da Silva na liderança da Galp, depois da renúncia deste último.

 

Recomendadas

Binter e Embrar fecham compra de cinco novas aeronaves por mais de 369 milhões de euros

As duas primeiras unidades estão previstas para chegar às Ilhas Canárias em novembro de 2023.

Manuel Champalimaud compra à Novares a área de injeção de plásticos para a indústria automóvel

A aquisição visa reforçar posição do Grupo Champalimaud no sector dos componentes de plástico decorativo e de interface para a indústria automóvel.

PremiumAmazon diz que “continua a fazer investimentos” de cloud em Portugal

A empresa norte-americana de computação na nuvem Amazon Web Services (AWCS)está a desenvolver um centro de dados no país, mas não se compromete com uma data de abertura.
Comentários