Como a cabo-verdiana Inês Silva criou uma fábrica de sabonetes que vai exportar para os EUA

Os produtos biológicos usam matérias-primas encontradas na própria ilha de Santo Antão, como leite de cabra, babosa (aloé vera), argila ou enxofre.

A fábrica de sabonetes com base em produtos naturais, aberta, há quase um ano, no Porto Novo, está a colocar no mercado nacional produtos cosméticos de “alta qualidade”, que estão em vias de chegar, também, a mercados internacionais.

Conforme a direção dessa unidade, que funciona na localidade da Ribeira das Patas, interior do Porto Novo, a aposta tem sido numa produção essencialmente biológica, com matérias-primas encontradas na própria ilha de Santo Antão, como leite de cabra, babosa (aloé vera), argila, enxofre, entre outros.

A fábrica de produção de sabonetes, instalada por Inês Silva, já consegue colocar os seus produtos, designadamente sabonetes líquidos e em barra para crianças, em algumas ilhas do arquipélago e já pensa em exportar para os Estados Unidos da América (EUA).

Esta empresária no ramo de cosmética que, nos últimos anos, já vinha desenvolvendo, no Porto Novo, uma experiência de produção de produtos cosméticos, decidiu abrir essa unidade que, avançou, pondera a possibilidade de exportar para os EUA.

Inês Silva, ex-emigrante nos EUA, apesar de ser natural da Brava, decidiu investir, nesta área, em Santo Antão, onde, explicou, encontrou “os produtos de terra” de que precisa para fabricar esse tipo de sabonetes em barra de várias dimensões e líquido, destinados, essencialmente, às crianças.

Graças a esta empresária, o município do Porto Novo e o seu congénere de Stonecrest, Geórgia (EUA), assinaram, em janeiro deste ano, um protocolo de cooperação nas áreas de desenvolvimento empresarial, modernização municipal, juventude, cultura e desporto.

Recomendadas

Cabo Verde quer cortar perdas de eletricidade na rede pública em 5,5 pontos em 2023

O Banco Europeu de Investimento vai financiar com 110 milhões de escudos (um milhão de euros) um programa para reduzir em 5,5 pontos percentuais as perdas de eletricidade na rede pública de distribuição em Cabo Verde em 2023, segundo o Governo.

CPLP: presidente da Guiné Equatorial à frente das contagens com 99,7% dos votos

A oposição denúncias fraude em massa e o único partido da oposição recusa reconhecer a vitória do líder octogenário, Teodoro Obiang. Há um mês, a CPLP congratulava-se com a integração do país como “Estado de pleno direito”.

Cabo Verde. Presidente assinala primeiro ano de mandato com críticas à crispação e avisos ao Governo

O Presidente da República cabo-verdiana, José Maria Neves, criticou hoje a “crispação” que permanece na política nacional, alertou que os tempos atuais “exigem consensos” e avisou que não é oposição, mas também não é “claque” do Governo.
Comentários