PremiumComo criar música com uma tela de pintura

A artista italiana Francesca Bringandí vive da sinestesia entre música e pintura. De 23 a 30 de outubro terá o seu trabalho exibido na Galeria Salita e, no dia da estreia, irá ainda produzir duas novas pinturas criadas ao som da música.

A cantora e pintora italiana Francesca Brigandí, que utiliza o nome artístico BSP, decidiu fazer da Madeira a sua casa e partilhar na região o seu conceito único de fusão da pintura com música. Viveu em Londres alguns anos, onde aperfeiçoou canto, e, mais tarde, fundiu este talento com a pintura, uma ideia do seu manager Max Gordiani.

“Esta ligação entre arte e música está muito entrelaçada em mim”, partilha a artista com o Económico Madeira. “O canto veio primeiro e a pintura era algo privado”, refere, admitindo que era “um pouco tímida” em criança e adolescente. Entretanto, Brigandí descobriu o conceito de sinestesia e tudo parecia fazer mais sentido.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor. Edição do Económico Madeira de 7 de outubro.

Recomendadas

PremiumBrigadeiros viajam do Brasil para a Madeira para trazer cor e sabor

Os brigadeiros são feitos pelas mãos de Bianca Barbosa, que já criou mais de 100 sabores. Hoje, a Lulu Brigadeiros vende, além dos brigadeiros, brownies, salames e bolos.

PremiumNancy Pelosi: o render da guarda da guardiã dos velhos democratas

Devidamente independente para uns, demasidado independente para outros, a “louca Nancy Pelosi”, como Trump lhe chamava, é apenas dois anos mais velha que Joe Biden
Comentários