Competência e solidariedade dão vantagem a Costa nas eleições. Honestidade de Rio leva-o a subir nas sondagens

51% dos inquiridos acredita que António Costa daria um melhor primeiro-ministro para Portugal, enquanto 25% acredita que Rio desempenharia melhor o papel.

Flickr/PSD

O atual primeiro-ministro tem vantagem sobre Rui Rio quando o assunto se trata das legislativas de 30 de janeiro. Uma sondagem da Aximage para o “Diário de Notícias” mostra que António Costa é mais competente, solidário e influente, sendo estes os fatores que lhe devem permitir a reeleição.

Os inquiridos mostram que Costa tem mais confiança para ser primeiro ministro, recolhendo 46% dos votos contra os 21% de Rio. Costa ganha também na competência, com 56% dos votos contra os 25% de Rio, na solidariedade e proximidade das pessoas (44% contra 20%), na influência (69% contra 10%). Rui Rio apenas ganha ao atual primeiro-ministro na honestidade, onde recolhe 25% dos votos contra 24%.

Na escolha para primeiro-ministro, 51% considera que Costa daria um melhor chefe de Estado, devendo então continuar no cargo, enquanto 25% acredita que Rui Rio seria melhor.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quinta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quinta-feira.

Novo golpe militar no Burkina Faso não é “passo positivo”, segundo Cravinho

O ministro dos Negócios Estrangeiros, João Gomes Cravinho, disse hoje em Paris que o novo golpe militar no Burkina Faso não é “passo positivo”, adiantando que Portugal está “muito preocupado” com a instabilidade na região.

Costa espera que “experiência” de cimeira europeia alargada tenha sucesso

O primeiro-ministro, António Costa, fez hoje votos, à chegada à Praga, para que a “importante experiência” da cimeira inaugural da Comunidade Política Europeia tenha “sucesso”, dado os desafios globais atuais exigirem respostas globais “o mais reforçadas possíveis”.
Comentários