Comporta: Conheça a nova cidade do desporto que vai custar 40 milhões. Veja o “Jogo Económico”

A apenas uma hora de Lisboa e com previsão para 2024, a Comporta vai albergar a cidade do desporto com capacidade para a prática de 28 modalidades. Nesta edição, saiba mais sobre este investimento de 40 milhões de euros promovido pela Vanguard Properties e que irá criar, pelo menos, 150 postos de trabalho.

A Vanguard Stars é um circuito de ténis destinado ao sub10 e sub11, apoiado pela Federação Portuguesa de Ténis e que visa incentivar a prática desportiva, especialmente nas camadas jovens.

Patrocinado desde a primeira hora pela Vanguard Properties, este promotor imobiliário quer criar uma cidade desportiva para 28 modalidades no projeto “Terras da Comporta” com um investimento de 40 milhões de euros que vai criar pelo menos 150 postos de trabalho.

É de desporto jovem e de investimento numa autêntica cidade do desporto a uma hora de Lisboa que vamos falar numa edição que conta com a presença de Tatyana Bezukladnikova, diretora-geral da Vanguard Stars, e José Cardoso Botelho, CEO da Vanguard Properties.

Estes serão os temas em destaque na edição desta semana do programa “Jogo Económico”, da plataforma multimédia JE TV, um formato que conta com os comentários de Nuno Vinha, subdiretor do JE, do consultor Jorge Faria de Sousa e de Bruno Pires, editor do semanário Novo.

A coordenação e apresentação está a cargo do editor do JE, José Carlos Lourinho e a rubrica “Hat-Trick” é da responsabilidade dos jornalistas Rodolfo Alexandre Reis e Nuno Braga.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

Manchester City contrata advogado de Boris Johnson no ‘Partygate’. Lord Pannick cobra 450 mil euros por semana

O clube inglês está empenhado em defender-se das acusações da Premier League sobre a violação das regras do fair-play financeiro e conta com os serviços do advogado que anulou a decisão do Tribunal Arbitral do Desporto em 2020, de proibir o Manchester City de participar nas provas da UEFA durante dois anos.
Comentários