Compras com Multibanco cresceram 9,2% no início da época de Natal

As compras realizadas na rede Multibanco nos primeiros dias da época de Natal, entre 24 e 30 de novembro, cresceram 9,2% face a igual período de 2013, para 646 milhões de euros, revelou hoje a SIBS. De acordo com os dados divulgados pela empresa gestora da rede Multibanco, o valor médio dos pagamentos em lojas, […]

As compras realizadas na rede Multibanco nos primeiros dias da época de Natal, entre 24 e 30 de novembro, cresceram 9,2% face a igual período de 2013, para 646 milhões de euros, revelou hoje a SIBS.

De acordo com os dados divulgados pela empresa gestora da rede Multibanco, o valor médio dos pagamentos em lojas, nos terminais de pagamento automático da rede, foi de 41 euros, mais um euro do que entre 25 de novembro e 1 de dezembro de 2013. Esses pagamentos corresponderam a 15,8 milhões de compras no período em análise, mais 6,7% do que no ano anterior.

Em contrapartida, nestes primeiros dias da época natalícia diminuíram o valor e o número de levantamentos de dinheiro nas caixas automáticas da rede, face ao que tinha sucedido há um ano.

Em termos de montante global, este desceu 3,1%, para 544 milhões de euros, num total de 8,5 milhões de levantamentos (menos 1,9% do que em 2013).

Já o valor médio levantado por dia foi de 64 euros, menos um euro do que em igual período do ano passado, informa também a empresa.

OJE/Lusa

Recomendadas

Topo da Agenda: o que não pode perder nos mercados e na economia esta quinta-feira

O Banco de Portugal divulga esta quinta-feira o Boletim Económico de outubro, A expectativa quanto a estas previsões é significante, especialmente depois da pressão do Presidente da República para que o Governo divulgasse as projeções macroeconómicas antes de anunciar o Orçamento do Estado para 2023.

FMI estima que a espiral de salários-preços ainda é um “risco limitado”

A ausência de uma espiral preços-salários não deve levar os líderes a não agirem para combater a inflação persistente, considera ainda o Fundo Monetário Internacional.

Compra de carros de luxo pela TAP “é um problema de bom senso”, diz Marcelo Rebelo de Sousa

“Já falei em relação a várias entidades públicas no passado e em relação à distribuição de dividendos e em relação aos salários e entendo que quando se está num período de dificuldade deve fazer-se um esforço para dar o exemplo de contenção”, defendeu hoje Marcelo Rebelo de Sousa.