PremiumCompras dos turistas no verão explicam subida de 30% na faturação das marcas

Apesar de o consumo estrangeiro em Portugal ter disparado 82,5% entre julho e setembro, segundo as transações nos terminais da Reduniq, o especialista Tiago Oom acha “um pouco atrevido” dizer que o turismo continuará a crescer.

Reuters / Bobby Yip

O cartão bancário dos turistas voltou a impulsionar as vendas das marcas em Portugal durante o verão. A faturação dos negócios nacionais aumentou 32,2% entre o dia 1 de julho e 15 de setembro de 2022 quando comparado com o mesmo período do ano passado, de acordo com os dados da Reduniq, rede de terminais de pagamento da Unicre, apresentados esta quinta-feira.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Comprar casa está mais caro em 17 capitais de distrito no terceiro trimestre

Lisboa continua a ser a cidade onde é mais caro comprar casa, a custar 5.002 euros por metro quadrado e nos segundo e terceiro lugares estão o Porto (3.133 euros/m2) e o Funchal (2.552 euros/m2).

Revista de imprensa nacional: as notícias que estão a marcar esta terça-feira

“Mais de 70% dos funcionários públicos perdem poder de compra em 2023”; “Fernando Santos perde processo de 4,5 milhões para o Fisco”; “Hospitais travam a fundo no consumo para baixar custos com a energia”

Inflação anual na Turquia atinge 83,45%, um valor recorde em 24 anos

Em termos mensais, a inflação aumentou 3,05% em setembro, informou o Instituto de Estatística da Turquia.
Comentários